Sem categoria

2 anos Grupo Otimista: jornalismo para cuidar, informar e trazer esperança

Entre palavras de reconhecimento do papel social do O Otimista nestes dois anos das plataformas impressa e digital e de esperança nos bons ventos para as últimas semanas de 2021 e todo 2022, autoridades do Ceará e de Fortaleza deixam mensagens de celebração pelo aniversário do Grupo O Otimista e de que, juntos, seguiremos resistindo à pandemia e passaremos logo menos a viver novos e bons ventos.

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

Rumo à saúde coletiva
Ana Estela Leite, secretária de Saúde de Fortaleza

Estamos completando 11 meses do início da campanha de vacinação contra a covid-19 em Fortaleza, em um cenário extremamente otimista. Temos mais de quatro milhões de doses aplicadas, considerando primeira dose (D1), segunda dose (D2), terceira dose (D3) e dose única (DU). Considerando população vacinável, a partir de 12 anos, temos mais de 93% da população tendo recebido uma dose. A partir de 12 anos com esquema vacinal completo, temos 81,5%. Estamos aplicando D3 atualmente […] Neste momento de celebração, agradecemos a você, fortalezense, que tem atendido ao nosso chamado e exercido verdadeiramente a sua cidadania, indo se vacinar […].”

Papel do bom jornalismo
Cândido Albuquerque, reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC)
O bom jornalismo fornece janelas para que possamos enxergar além da realidade na qual estamos encerrados. Esse olhar além do óbvio[…] preconiza esmerar-se em uma visão cuidadosa, ética e focada em maior grau no debate em busca de soluções do que na mera exposição de problemas. Enquanto gestor, cidadão e, sobretudo, educador, essa questão me salta aos olhos no trabalho desenvolvido pelo Grupo Otimista de Comunicação. Desde 2019 […] o veículo vem desempenhando um papel primoroso na cobertura jornalística factual, no debate opinativo de temas de interesse social e, principalmente, no tratamento da informação de maneira séria, qualificada e com tom positivo, calcado no aprimoramento virtuoso de nossa convivência em sociedade.

Esperança em tempos difíceis
Elpídio Nogueira, secretário de Cultura de Fortaleza
Paulinho da Viola nos ensina na música “Amor à natureza”: “é sempre uma nova esperança, que a gente alimenta de sobreviver”. Chegamos a novembro de 2021 e ansiamos por falar em esperança, buscamos estratégias para mantermos esta esperança acesa. Nestes dois anos do jornal O Otimista, celebramos a esperança e o bom jornalismo. Celebrar o jornalismo de um veículo tão jovem é celebrar, principalmente, a democracia e a esperança. O Otimista tem a visão cuidadosa de soprar boas novas quando estamos em tempestades. Isto faz uma grande diferença na forma de nos movimentarmos. Tomamos fôlego para seguir em frente. Desejo vida longa a este querido veículo de comunicação. Avante!

Olhar para a segurança
Luciano Caron, secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará
Nestes dois anos, mesmo com todas as dificuldades geradas pela pandemia, o Ceará continuou investindo em novas tecnologias voltadas para a Segurança Pública, em um cenário em que, além das atribuições de combate ao crime, as Forças Policiais tiveram também que dar apoio às fiscalizações de medidas sanitárias. Também houve investimento na valorização profissional, que é o que há de mais importante nas instituições, com a abertura de concursos para a segurança. Tenho convicção de que no ano que vem, com as Polícias 100% direcionadas para o combate à criminalidade, seguiremos obtendo mais resultados positivos, com viés de queda nos homicídios e em outros crimes graves. Em 2022, obteremos os frutos dos investimentos feitos nesse período.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS