Covid-19

Texto-base da Medida Provisória que agiliza compra de vacinas é aprovado pela Câmara dos Deputados

A MP dá aval para compra dos imunizantes sem necessidade de licitação e autoriza a aprovação do uso emergencial em sete dias úteis.

Foto: reprodução/PrefeituradeFortaleza
Ronald Gomes
redacao@ootimista.com.br

 

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (23) o texto-base da Medida Provisória (MP) de número 1.026. A medida publicada em janeiro deste ano prevê a compra de vacinas com dispensa de licitação e adquirir os imunizantes mesmo antes do uso emergencial ou registro definitivo serem aprovados pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

Além de flexibilizar contratos, a MP autoriza a Anvisa acelerar os ritos de aprovação das vacinas já aprovadas por agências sanitárias internacionais, porque não precisa requisitar estudos de fase 3 no Brasil para aprovação de uso emergencial. O processo não deve durar mais que 7 dias úteis, segundo a Medida Provisória.

 

O relator do texto-base, deputado federal Pedro Westphalen (PP-RS) vetou o trecho que dava autorização às empresas privadas comprarem vacinas. A MP dava aval para a iniciativa privada adquirirem e utilizarem a vacina desde que doassem parte dos imunizantes ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Os parlamentares seguem votando destaques sobre a Medida que podem levar a outras regras a serem imposta no aval da Casa  para a Medida Provisória.  

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS