Política

Presidente nacional do PL renova Acilon Gonçalves no comando do partido no Ceará

Acilon Gonçalves é prefeito municipal de Eusébio / Arquivo O Otimista

O presidente nacional do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, renovou, por dois anos, o mandato de Acilon Gonçalves à frente do partido no Ceará.

De acordo com certidão de composição da Justiça Eleitoral, o comando foi estendido na última quinta-feira (10), com validade até 10 de fevereiro de 2024.

A decisão significa uma derrota para o deputado estadual André Fernandes (PL), até então dado como certo para a assumir a agremiação no Estado.

Bolsonarista de primeira hora, Fernandes viu crescerem suas chances de passar a presidir o PL-CE depois que o presidente da República assinou ficha de filiação à legenda, em novembro de 2021.

À época, Acilon disse que iria permanecer no partido e declarou disposição de concorrer ao Governo do Estado.

Prefeito de Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, o médico é ligado ao grupo político hegemônico no Ceará, que controla o Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Prefeitura de Fortaleza e Câmara Municipal da Capital.

O PDT, maior partido do grupo – ao todo, são 16 siglas -, está à frente da maior quantidade de prefeituras municipais no Estado e detém as maiores bancadas de deputados federais e estaduais.

Fernandes sem cargo
De acordo com o documento da Justiça Eleitoral, os deputados federais Júnior Mano e Jaziel Pereira são, respectivamente, vice-presidente e secretário-geral do PL no Estado. Fernandes não ocupa nenhum posto.

Nos bastidores, especula-se que o deputado estadual já vinha perdendo força na queda de braço com o prefeito de Eusébio.

Um dos sinais teria sido a ausência do parlamentar na comitiva de aliados no Cariri, no palanque do presidente Bolsonaro, quando o mandatário esteve na região, no início da última semana.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS