Jornal Impresso

Para evitar palanque, CPI desiste de ouvir ministro Queiroga pela 3ª vez

20 de outubro será a entrega do relatório final

(Foto: Pedro Ladeira/ Folhapress)

A CPI da Covid desistiu do depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que ocorreria na próxima segunda-feira, 18. Segundo o senador Humberto Costa (PT-PE), a decisão foi tomada nesta terça-feira, 12, após reunião de membros da comissão.

“Não vamos dar palanque para ele, não vai acrescentar muito. Mas ele vai aparecer no relatório final com toda certeza. Provavelmente, por desrespeito a norma sanitária, prevaricação. Ele vai ser indiciado e vai ter que responder”, afirmou. Renan Calheiros (MDB-AL), relator, já afirmou que vai propor o indiciamento de Queiroga.

Oito procedimentos
A investigação feita pela CPI da Covid no Senado já alimentou com provas ou provocou a abertura de pelo menos oito procedimentos em curso em seis órgãos de controle, antes mesmo da conclusão e compartilhamento do relatório final, cuja votação está prevista para o próximo dia 20.

O relatório do senador Renan Calheiros (MDB-AL) listará responsáveis por crimes na pandemia, sugerirá indiciamentos e aprofundamento de apurações e será encaminhado aos órgãos responsáveis por investigar e pedir punição na Justiça, no Congresso e nas esferas administrativas.
(Folhapress)

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS