Política

O ano do Camilo

Por Roberto Moreira
robertomoreira@ootimista.com.br
O governador do Ceará foi o melhor gestor do ano de 2019. Está fechando os 12 meses, com dinheiro em caixa, após pagar todos os compromissos, como empréstimos, fornecedores e servidores. A travessia foi difícil para os colegas governadores de outros estados. Muitos tombaram, caíram na vala comum. São 16 os governantes que não conseguiram honrar compromissos como a folha de pagamento.
O cartão de vista do governador cearense oferece segurança a investidores. E eles estão chegando. Depois dos HUB aéreo e tecnológico, está chegando a temporada dos investidores em outras áreas, como a construção, energia, indústria de calçados e muito mais. Segundo Eduardo Neves, presidente Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), cerca de três mil postos de trabalho serão criados em cinco municípios, com novos galpões para a indústria calçadista.
Na política, o governante cearense se tornou um soldado a serviço do grupo político de que faz parte. Fortaleceu a relação com Ciro e Cid. Tudo em parceria com o líder maior do PT, o ex-presidente Lula.
Cid: “PDT é minha última morada.” 
O senador Cid Gomes olhou nos olhos de Carlos Lupi e André Figueiredo para fazer um desabafo: “Quero agradecer a forma carinhosa como me receberam no PDT, esse partido que será minha última morada”. Ao longo da vida pública, Cid passou por mais de meia dúzia de partidos, onde teve muitos problemas.
Carlomano Marques 
Segundo o IBGE, o município de Pacatuba apresentou os melhores índices na região metropolitana. A gestão do prefeito Carlomano Marques ofereceu atendimento médico na própria cidade, matriculou todas as crianças nas escolas e reduziu em 80% o índice de crimes.
Palpites…
O Estado do Ceará crescerá mais de 3% em 2019, Sarto aprovará a nova Previdência, com 33 votos a favor e RC fecha 2019 com 36 vereadores aliados.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS