Política

Nove partidos da oposição na Câmara definem unificação para atos contra Bolsonaro

PSOL, PT, PCdoB, PDT, PSB, PV, Rede, Solidariedade, Cidadania participaram de reunião na Casa. A ação tem como foco a pressão acerca do impeachment do presidente

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

Foto: Leonardo Hladczuk / @minorianacama / Divulgação

Nove partidos de oposição na Câmara dos Deputados se reuniram entre a manhã e o começo da tarde desta quarta-feira, 15, e definiram unificação para os próximos dias 2 de outubro e 15 de novembro para realizar mobilizações no Brasil contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

PSOL, PT, PCdoB, PDT, PSB, PV, Rede, Solidariedade, Cidadania participaram de reunião na Casa. A ação tem como foco a pressão acerca do impeachment do presidente. As manifestações para a data de outubro já haviam sido apontadas pela Campanha Nacional Fora Bolsonaro, formada pelas frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular.

Além de partidos de oposição e movimentos sociais, as diversas frentes de organização do evento querem potencializar os atos, com a presença de governadores, artistas, entre outros formadores de opinião. “Sem sectarismos, sem antecipar debates eleitorais, sem hostilidades. Vamos avançar e vamos derrubar Bolsonaro! Há esperança!”, diz fragmento de nota.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS