Política

Luizianne apresenta requerimento para que Guedes revele ações para combate à inflação e redução do desemprego

Deputada cearense exige que Paulo Guedes forneça as informações sobre quais as estratégias o Governo vai usar para ações capazes de mitigar a alta inflacionária e o alto índice de informalidade que tomou conta da economia brasileira

Paulo Guedes e Luizianne Lins (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil e Câmara dos Deputados)

A deputada federal Luizianne Lins (PT/CE) apresentou à Câmara, nesta quarta-feira (13) o requerimento nº 1246/21 para solicitar ao ministro Paulo Guedes informações acerca da estratégia e planejamento que serão adotados pelo Ministério da Economia para conter a alta da inflação no Brasil e gerar empregos.

Segundo o texto do requerimento, é notável que a alta dos preços em nível mundial se acelera muito mais no Brasil e penaliza os mais pobres, induzindo à favelização e potencializando a extrema pobreza. Os indicadores IPCA e INPC já ultrapassam os dois dígitos nos últimos 12 meses, o que representa uma inflação recorde nos últimos 20 anos, em 2021.

Além disso, os índices de desemprego também batem recordes e ultrapassam 14 milhões de pessoas, com o aumento do desalento (pessoas que deixam de procurar emprego) e da informalidade, comprovando que a reforma trabalhista não trouxe os resultados prometidos por seus defensores.

Pelo contrário, afirma o documento, o receituário neoliberal afundou a sociedade brasileira na miséria, favelização e banalização da compra de ossos, carcaças de peixes e pés de galinha. “Infelizmente, vamos regressar ao Mapa da Fome, que os governos do PT tanto lutaram para retirar o Brasil, através de Estado forte e políticas de inclusão”.

Portanto, Luizianne requer que o presidente da Câmara Federal solicite o planejamento e a estratégia do Ministério da Economia para reduzir, no curto prazo, os índices de inflação e gerar empregos, ações que ajudarão no crescimento da economia e darão maior tranquilidade para a população. O acesso a essas informações encontra respaldo na Lei de Acesso à Informação e está em sintonia com os princípios constitucionais da publicidade, legalidade e moralidade administrativa.
(Ascom Mandato Luizianne Lins)

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS