Política

Assembleia Legislativa aprova projeto para distribuição de notebooks aos professores da rede estadual

O texto segue para sanção do governador Camilo Santana.

Foto: Reprodução/AL-CE

A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) aprovou, nesta quinta-feira (10), o projeto que autoriza o Executivo a adquirir e a ceder notebooks aos professores do ensino público estadual para assegurar a criação de conteúdo e a prática das atividades remotas por causa da pandemia de covid-19.

O texto foi enviado à AL-CE na quarta-feira (09) pelo governador Camilo Santana (PT). O chefe do Executivo Estadual escreveu nas redes sociais o objetivo de garantir aos profissionais da educação assistência para que possam ministrar as aulas com condições do formato remoto por causa da pandemia de covid-19.

“Enviei hoje à Assembleia Legislativa importantes mensagens para a Educação do nosso estado. Um dos projetos de lei autoriza o Governo do Ceará a adquirir notebooks para os professores da rede estadual de ensino. Nosso objetivo é garantir aos profissionais da educação as condições adequadas para que possam ministrar aulas de forma remota/híbrida neste momento de pandemia”, escreveu Camilo Santana nas redes sociais.     

A proposta foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação com parecer favorável do relator, deputado Júlio César Filho (Cidadania). 

Um decreto do Poder Executivo será publicado para estabelecer a quantidade, as condições de uso e os requisitos em relação ao recebimento dos aparelhos eletrônicos.

Tablets para os alunos da rede pública

O Governo do Estado, com aprovação do Legislativo cearense, adquiriu 150 mil tablets para distribuir aos alunos da rede pública do Ceará. A entrega dos equipamentos eletrônicos começou no último dia 27.

“Todos os alunos do 1° ano do Ensino Médio receberão tablets. Isso vai virar uma política permanente. O aluno que sai do 9° ano do ensino fundamental e entra no 1° do ensino médio já recebe o seu tablet, o seu chip, e vai passar os três anos com esse equipamento para auxiliar no aprendizado dele”, destacou Camilo Santana.

Entrega de Chips

No ano passado também foi aprovado pela AL-CE um projeto de autoria do Executivo que adquiriu 347 mil chips com acesso à internet.  Ao todo, 338 mil estudantes do 6º ao 9º do Ensino Fundamental e 1ª ao 3ª do Ensino Médio das escolas públicas do Estado, somados a 8.959 alunos de baixa renda que cursam o Ensino Superior nas universidades estaduais do Ceará foram beneficiados.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS