Política

Após duas ações do MPE-CE, Justiça cassa diploma de prefeito e vice-prefeita do PDT na cidade Coreaú

O Ministério Público Eleitoral (MPE-CE) ajuizou duas ações no ano de 2020 solicitando a cassação dos diplomas dos eleitos por abuso de poder econômico.

Foto: Reprodução

O prefeito da cidade de Coreaú, Edézio Sitônio (PDT), e a vice-prefeita, Erika Frota (PDT), tiveram os diplomas cassados pela Justiça após ações do Ministério Público Eleitoral (MPE-CE) pelo crime de abuso de poder econômico com compra de votos nas eleições municipais de 2020. O vereador Chico Antônio (PDT) também teve o documento eleitoral revogado pela mesma infração no pleito do ano passado.

Na decisão, o juiz eleitoral da 64ª Zona Eleitoral, Guido de Freitas Bezerra determinou multa no valor de R$ 30 mil para cada um, além de ficarem inelegíveis por oito anos. A determinação cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE). Os políticos permanecem no cargo até o trânsito julgado for determinado, ou seja, até os recursos acabarem.

Após investigação de injúria eleitoral por meio de “fake news” contra a então candidata à vereadora Priscila do Marden (PSB) , o MPE-CE fez buscas e apreensão de objetos entre eles o celular de Tânia Aragão, tida como “cabo eleitoral” da chapa investigada, com conversas sobre a compra de votos com a esposa do então candidato a prefeito, Humberlândia Mesquita de Assis juntamente com a então candidata a vice-prefeita, Érika Frota, sob supervisão do então candidato a vereador, Chico Antônio. 

Segundo os autos do MPE-CE, além disso, durante as eleições de 2022, policiais militares abordaram um motorista e ocupantes de uma caminhonete e encontraram a quantia de R$ 4.650,00, junto com “santinhos”, adesivos de tamanhos diversos e panfletos do envolvidos nas investigações. No interior do veículo, foi encontrada uma relação de nomes de eleitores com  valores a serem pagos em troca de votos para os candidatos. 

A vice-prefeita, Érika Frota, foi procurada pelo O Otimista, mas até a publicação desta matéria não obtivemos êxito no contato feito por email. Nós não conseguimos entrar em contato com o prefeito Edézio Sitônio e o vereador Chico Antônio.  

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS