Panorama

Polícia Federal deflagra “Operação Frenesi 2”, que investiga lavagem de dinheiro em Fortaleza e Jaguaribe

Ao todo, 15 policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão em domicílios investigados

Polícia Federal (Foto: Agência Brasil)

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

A Polícia Federal deflagra, na manhã desta terça-feira (30), a Operação Frenesi 2, para desarticular um esquema de lavagem de dinheiro por meio de crimes previdenciários envolvendo um servidor público federal e um empresário.

Ao todo, 15 policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão em domicílios investigados em Fortaleza e Jaguaribe, além de sequestro de valores equivalentes ao aporte financeiro feito pelo servidor do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Os investigados poderão responder pelo crime de lavagem de dinheiro, com penas de 3 a 10 anos de reclusão. Conforme a PF, o esquema era liderado por um servidor do INSS, que não teve o nome divulgado, com a participação de familiares e terceiros. Para o cometer os crimes, ele “atuava concedendo benefícios rurais de aposentadoria por idade para pessoas da área urbana, que nunca foram trabalhadoras rurícolas, em troca de propinas pagas com empréstimos consignados no benefício”.

Seja o primeiro a saber. Siga nossas redes sociais:

Instagramhttps://instagram.com/ootimista?igshid=18bwnrfep8gg6
Facebookhttps://m.facebook.com/Ootimista/
WhatsApp: 085 9 8155.2022

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS