Panorama

Governo do Ceará lança Programa CNH Popular 2021, com 25 mil vagas

Na divisão, serão 20 mil vagas para o Interior do Estado e 5 mil para Fortaleza,  nas categorias A (moto) e B (automóvel)

Danielber Noronha 

danielber@ootimista.com.br

CNH
(Foto: Divulgação)

O Governo do Estado lançou, nesta quarta-feira, 13, o programa CNH Popular 2021. A meta é beneficiar os cearenses com 25 mil com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com vistas às pessoas de baixa renda.

“Quase 140 mil cearenses foram beneficiadas em todo o estado do Ceará”, destacou o governador Camilo Santana, por meio de transmissão ao vivo nas redes sociais.  Ao todo, foram contempladas 139.665 pessoas desde 2009, quando foi criado o programa. Para o novo ano do programa, as inscrições podem ser feitas por meio do site oficial do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE).

A iniciativa  deverá ofertar gratuitamente a obtenção da CNH nas categorias A (moto) ou B (automóvel), sendo 20 mil vagas para o Interior do Estado e 5 mil para Fortaleza. “Nós damos o capacete gratuito para quem tirar habilitação de moto, como forma de salvar vidas e evitar acidentes graves”, destacou o chefe do Executivo Estadual. Com ele, estavam o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), Evandro Leitão, o secretário de infraestrutura, Lúcio Gomes, e o superintendente do Detran-CE, Maximiliano Quintino.

A Casa Civil foi procurada para informar o valor do investimento da ação. À reportagem, via assessoria de imprensa, a pasta informou que o montante de recursos direcionados é de R$ 25 milhões, do Departamento de Trânsito do Ceará (Detran-CE).

Critérios de participação

Dentre outros critérios, o número de carteiras disponibilizadas para cada município será proporcional ao contingente populacional. O município também precisa ter a própria autarquia de trânsito ou ter processo ou pedido em aberto para municipalização do trânsito local. Por fim, será considerada a quantidade de veículos registrados pela quantidade de pessoas já habilitadas.

Já para os beneficiários, as regras serão aos seguintes: ser contemplado com o programa Bolsa Família; ser pessoa com deficiência (PCD); e pessoas egressas do Sistema Prisional do Estado. Após aprovação do cadastro, será agendada a comissão para onde os candidatos serão devidamente direcionados pelo Detran para as autoescolas, que serão responsáveis pela preparação dos respectivos alunos do programa.

Atenção a golpes 

Ainda durante transmissão nas redes sociais, Camilo destacou a importância de se atentar aos canais oficiais do Governo do Estado, como forma de evitar golpes e fraldes envolvendo o processo de inscrição e participação no programa. “Não entrem em nenhum outro site, apenas no site do Detran. As pessoas devem ter cuidado com golpes e promessas vindas de WhatsApp”, reforçou o governador.

Atualizado às 15h58min

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS