Panorama

Fortaleza: capital onde as pessoas estão mais perto de ciclofaixas

Com alta no preço dos combustíveis, a bicicleta é a opção mais econômica / Edimar Soares

Fortaleza tem cerca de 410 quilômetros de infraestrutura cicloviária, convidando a população a experimentar ou intensificar o uso do modal. Agora, com a alta nos custos de combustíveis, o uso de transportes individuais motorizados encareceu e a bicicleta tem ganhado espaço como alternativa de transporte econômica e sustentável.

Dentre ciclofaixas, ciclovias, ciclorrotas e passeios compartilhados, que garantem segurança aos usuários, aproximadamente 62 km de infraestrutura cicloviária foram implantados na gestão do prefeito José Sarto (PDT), cuja expectativa é chegar a 500 km de ciclofaixas e ciclovias até 2024.

Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária, com mais de 50% dos habitantes morando a menos de 300 metros de alguma ciclovia ou ciclofaixa.
Expansão

“Em 2013, tínhamos apenas 68 km de malha dedicada exclusivamente a esses usuários. Hoje, esse número é seis vezes maior. Aos poucos, fomos inserindo uma mudança de cultura nos cidadãos de inclusão e respeito ao modal cicloviário, que está cada vez mais presente na cidade”, pontua Antônio Ferreira, superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Espaços exclusivos para circulação de bicicletas estão em constante expansão e atraem mais adeptos em todas as regionais. O estímulo ao ciclismo cresce paralelamente à priorização do pedestre e usuário do transporte coletivo.

Dentre as últimas implantações de ciclofaixas, estiveram a da rua Barbosa de Freitas e avenidas Desembargador Moreira e Abolição. A próxima prevista compreenderá as avenidas Pessoa Anta, Almirante Barroso e Rua Adolfo Caminha, no bairro Praia de Iracema.

“Nas vias contempladas com a medida, observou-se um aumento do número de ciclistas após a instalação desta sinalização”, informa a Prefeitura de Fortaleza,.

O sistema de bicicletas compartilhadas implantado na cidade de Fortaleza, o Bicicletar, é um dos maiores do País, com 328 mil usuários ativos e 4,8 milhões de viagens realizadas desde dezembro de 2014.

Somente este ano, 238 mil viagens já foram registradas no sistema, entre 24,6 mil usuários diferentes, uma média diária de 3,2 mil viagens concluídas. O Bicicletar tem 192 estações e 11 estações do Mini Bicicletar.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS