Jornal Impresso

For Rainbow começa nesta sexta (21) e outras notas, por Émerson Maranhão

VIDA LONGA AO FOR RAINBOW!

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Começa hoje e segue até a próxima sexta-feira, 28, a 18ª edição do For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero. Ao longo destes nove dias, filmes de 12 países disputam as premiações de curtas e longas-metragens. Além das mostras competitivas e sessões especiais, o festival também receberá lançamentos de livros, espetáculos teatrais, oficinas, feiras e apresentações musicais. Começando pelo show de abertura do evento, a cargo de DJ Angel History e da cantora Potyguara Bardo, a partir das 19 horas, no Complexo Cultural Estação Cultural das Artes, no Centro.

Entre as sessões especiais, destaque para a mostra de curtas cearenses (neste domingo, às 15hs); para as exibições de dois filmes convidados: o documentário Neirud, de Fernanda Faya (na quarta, 26, às 16hs); e o híbrido Diário da Primavera, de Fabíola Aquino (na quinta, 27, no mesmo horário) e para a pré-estreia da série Trago a Pessoa Amada, de Vitã (amanhã, sábado, às 15hs).

Já a competição oficial está super acirrada. Tanto que fica difícil apontar destaques, mas não há como não criar expectativas em relação a alguns títulos. É o caso do premiado Tudo O Que Você Podia Ser, com direção de Ricardo Alves Jr. e roteiro de Germano Melo, que abre a competição de longas, amanhã, com a presença do diretor. Também super aguardado é Orlando, Minha Biografia Política, de Paul B. Preciado, que será exibido no domingo, 23. E ainda The Ball, de Malgorzata Saniewska, que se debruça sobre a cena do ballroom em Nova York, e encerra a disputa na quinta-feira, 27.

Se é difícil apontar destaques entre os longas (o que acabei fazendo quase sem perceber), entre os curtas é impossível. Ainda assim, recomendo os brasileiros Os Animais Mais Fofos e Engraçados do Mundo, de Renato Sircilli; Dinho, de Leo Tabosa; Ferro’s Bar, de Aline A. Assis, Fernanda Elias, Nayla Guerra, Rita Quadros; Peixe Vivo, de Bob Yang e Frederico Evaristo; e Tudo Que Importa, de Coraci Ruiz.

Por óbvio, há muito mais filmes interessantíssimos na competição. Por isso mesmo, vale super a pena conferir a programação completa na página do festival (https://forrainbow.com.br/) e já ir agendando os que mais chamam sua atenção. Toda a programação é gratuita. E as exibições ocorrem na Sala 2 do Cinema do Dragão. A coluna recomenda por demais!

 

SELEÇÃO DE ELENCO

A produtora cearense Deberton Filmes, em parceria com a paulista Biônica Filmes, está selecionando elenco infantojuvenil para seu novo longa de ficção. Podem se submeter à seleção crianças e adolescentes com idades entre 8 e 14 anos, residentes no Nordeste. O filme será dirigido pelo premiado cineasta Allan Deberton (Pacarrete). Os responsáveis devem enviar email para elenco@deberton.com até 6 de julho para receber orientações do teste.

 

BIENVENUE!

FOTO: MICAELA MENEZES / DIVULGAÇÃO

Dez alunos franceses de audiovisual chegaram a Fortaleza nesta semana para se juntar a dez colegas cearenses na realização de dois curtas-metragens. O grupo integra o Projeto Porto MIS CinéFabrique, realizado em parceria entre a Escola Porto Iracema, o Museu da Imagem e do Som e o programa internacional Cine Nomad School, da CinéFabrique, escola superior de cinema localizada em Lyon, na França.

Esta é a segunda etapa do programa, na qual os franceses entram no processo de desenvolvimento dos curtas Quase à meia-voz; de Victor Emanuel Rodrigues Borges e Maria Tamires Rodrigues Souza, e Vampiro, de Emilly Guilherme e Nolí Levi. Nesta fase, os alunos brasileiros e franceses trabalharão durante 10 dias na produção dos filmes, num processo formativo, cujo objetivo é aprender e criar juntos, compartilhando visões de mundo e práticas imagéticas diferentes.

 

Cinema na Meruoca

A Lenda da Mulher Cabra é o título do novo curta-metragem do diretor e roteirista Antoniel Soares. Escrito em parceria com Augusto César, o filme foi realizado em Meruoca, no interior cearense, com recursos da Lei Paulo Gustavo e estreou no Festival de Cinema de Forquilha, conquistando sete prêmios, inclusive os de melhor ator (para o próprio Antoniel) e melhor filme. Toniel, como é conhecido na região, é cego de nascença e já havia dirigido o curta A Revolta da Natureza (2013).

 

Noronha2B

ARTE: LUIZA OLLÉ / DIVULGAÇÃO

Termina na próxima segunda, 24 de junho, o prazo para inscrições no Noronha2B, laboratório de projetos audiovisuais Work in Progress e Desenvolvimento, que ocorrerá dentro da programação do N2B – Film Commission Forum, entre os dias 19 e 23 de agosto, em Fernando de Noronha (PE).

Serão aceitos exclusivamente projetos de longa-metragem e obras seriadas em fase de desenvolvimento e finalização (ficção, documentário e híbrido) em três categorias de inscrição. A primeira delas é WIP Festivais, que contempla projetos work in progress em fase avançada de finalização, que buscam direcionamento para festivais internacionais. Já o WIP Primeiro Corte aceita projetos work in progress em primeiro corte, rough cut e/ou sem finalização, à procura de distribuição e tutorias criativas. Já trabalhos em fase de desenvolvimento de roteiro ou em pré-produção poderão ser inscritos no LAB Desenvolvimento. As inscrições são gratuitas. Para outras informações: forms.gle/idgEfHPydiYpDMzTA

 

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS