Panorama

Desenho de felino feito entre 200 a.C e 100 a.C é descoberto em colina no Peru

Geoglifo de gato com 37 metros de comprimento em Nazca, no Peru (Foto: Jhony Islas/Unesco)

Ao longo dos anos, evidências históricas são descobertas revelando a adoração que sociedades antepassadas tinha a gatos e felinos. Recentemente, em Nazca, no Peru, foi descoberto um enorme desenho de um felino datado entre 200 a.C. e 100 a.C.

Na semana passada, o geoglifo foi limpo e revelou uma figura felina de perfil, com a cabeça voltada para a frente. A gravura tem 37 metros de comprimento e linhas bem definidas, de 30 cm a 40 cm de largura.

Descoberta por funcionários da Unesco, eles estavam buscando melhorar o acesso a uma das colinas que serve de ponto de observação para outros geoglifos da região.

A região é conhecida por possuir as linhas de Nazca, compostas por centenas de imagens geométricas e zoomórficas, que são descobertas removendo rochas e terra para revelar os desenhos abaixo.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS