Panorama

Conheça as promessas argentinas que podem atrapalhar Ceará e Fortaleza

Solari e Soñora são os destaques de Colo Colo e Independiente

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

Na próxima quarta-feira (25), Fortaleza e Ceará definem seus futuros nas competições internacionais. O Tricolor do Pici já tem vaga garantida nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, tendo em vista que o quarto colocado (Alianza Lima) não o alcança números de pontos. Diante do Colo-Colo/CHI, qualquer empate classifica o Leão para as oitavas de final da Copa Libertadores. Já o Ceará, que enfrenta o Independiente/ARG, pode perder até por um gol de diferença. Na “Sula”, apenas o primeiro colocado se classifica. Em caso de derrota para o lado alvinegro, o Vovô não tem mais calendário internacional neste ano.

Diante da importância do confronto, tanto a equipe chilena como a argentina vão com força máxima para o duelo. O “Cacique” venceu o Fortaleza por dois a um na Arena Castelão. Já o Ceará, venceu os “Rojos”, também por dois a um na mesma Arena Castelão. Ambas equipes Cearenses decidem fora de casa o caminho que vão trilhar nessas competições internacionais, e estarão atentas com as armadilhas que podem surgir pelo caminho.

Pelo lado dos “Rojos”, Alan Soñora é o destaque da equipe do Independiente. Argentino, canhoto, de 23 anos de idade, o atual camisa 10 sempre é uma referência de criação ofensiva. Na partida de estreia diante do Ceará na Sula, Soñora não pôde estar em campo por muito tempo. Por conta da expulsão do seu companheiro de equipe Ayrton Costa, aos doze minutos, o técnico Eduardo Domínguez sacou Soñora do jogo aos 15 minutos do primeiro tempo, abrindo mão de um dos seus principais jogadores naquela partida. De lá pra cá, Alan jogou nove partidas com as camisas do “Rojos”, e marcou três vezes. Duas delas diante do General Caballero, pela Copa Sul-Americana. Jogando em seu território, Alan Soñora com certeza estará entre os 11 titulares de Eduardo Domínguez para o jogo decisivo diante do Ceará na quarta-feira (25), às 21h30.

Já na equipe do “Cacique”, Pablo César Solari é a grande esperança do Colo-Colo. Argentino, destro, 21 anos de idade, usa a camisa 36, mas pode ser considerado um “camisa 7” nos tempos antigos. Solari foi escolhido o craque da partida diante do Fortaleza na estreia da Libertadores na primeira rodada. Inclusive, foi o autor do segundo gol da equipe Chilena naquela partida. Desde o último confronto diante do Fortaleza, Solari disputou 10 partidas, marcando apenas em uma delas, diante do Cobresal, pelo Campeonato Chileno. Também deu uma assistência contra o River Plate na Argentina. Solari é visto como uma grande promessa para o Colo-Colo conquistar a tão sonhada vaga nas oitavas da Libertadores. A última vez que a equipe chilena se classificou para o mata-mata do certame foi em 2018. Naquela oportunidade, o Palmeiras venceu os jogos de ida e volta por dois a zero.

Colo-Colo e Fortaleza se enfrentam no Monumental de Santiago, no Chile, às 19h. Esta partida não terá presença de público, pois no jogo contra o River, a torcida argentina foi alvejada com morteiros pela torcida do Colo-Colo. Além da sanção de jogar sem público, a CONMEBOL multou o time em 90.500 dólares. Já Independiente e Ceará se enfrentam às 21h30, no estádio Libertadores da América. É esperado cerca de dois mil torcedores Alvinegros que já embarcaram na tarde/noite do último domingo (22), para a Argentina.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS