Panorama

Colégio Militar de Fortaleza ignora decreto e anuncia retorno das aulas presenciais

Atualmente, o Ceará cumpre decreto que suspende atividades presenciais em institucionais escolares públicas e particulares no Ensino Fundamental e Médio

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

A partir da próxima segunda-feira, 21, o Colégio Militar de Fortaleza (CMF) deverá retomar as aulas presenciais do 6º ao 3º ano, de acordo com determinação da Diretoria de Educação Preparatória e Assistencial (Depa), órgão nacional do Exército Brasileiro que coordena o Sistema Nacional de Colégios Militares.

Atualmente, o Ceará cumpre decreto que suspende atividades presenciais em instituições escolares públicas e particulares no Ensino Fundamental e Médio. A determinação é válida desde março em decorrência das medidas de enfrentamento à disseminação do coronavírus. A determinação da Depa descumpre decretos estaduais sobre o retorno de atividades presenciais para estudantes, professores e funcionários da Educação.

“Todos os CM deverão retomar atividades presenciais”, diz a circular 576 da Seção de Ensino/Depa, enviada em caráter “urgentíssimo” para os comandos dos colégios militares. De acordo com o documento, as aulas serão no turno da manhã nos colégios militares e, à tarde, de forma remota. As atividades do ensino médio devem ser retomadas no primeiro dia (21), e as do Ensino Fundamental, na semana posterior.

A circular enviada pela diretoria não identifica quais critérios foram utilizados para determinar o retorno das aulas nas instituições de ensino militar do Brasil.

Seja o primeiro a saber. Siga nossas redes sociais:
Instagramhttps://instagram.com/ootimista?igshid=18bwnrfep8gg6
Facebookhttps://m.facebook.com/Ootimista/
WhatsApp: 085 9 8155.2022

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS