Panorama

Ceará vence o Corinthians e entra de vez na briga por vaga na Taça Libertadores

Time comandado por Tiago Nunes sofreu empate no final do segundo tempo, mas encontrou forças para garantir a vitória

Aflaudísio Dantas
aflaudisio@ootimista.com.br

Foto: Lucas Emanuel/Pera Photo Press

Foi com muita emoção que o Ceará conseguiu vitória importante por 2 x 1, nesta quinta-feira, (25), na arena Castelão. O triunfo deixa o Vovô com chances reais de conseguir vaga na Taça Libertadores de 2022. O Ceará está agora na 8ª posição, com 49 pontos. A equipe volta a campo no dia 30 de novembro, no Maracanã, diante do Flamengo.

O Ceará começou tomando a iniciativa, sem dar espaços para o Corinthians jogar. Numa jogada onde o goleiro Cássio, do Timão saiu errado do gol, Vina ajeitou com categoria e bateu forte de canhota. O Ceará estava à frente do placar com apenas seis minutos. 1 x 0.

O time paulista viu que não adiantava ficar acanhado e tentou se organizar para atacar o Vovô. Gabriel Pereira e Gil conseguiram as melhores chances do primeiro tempo para o Corinthians.

Pelo lado do Ceará, além de Vina, Lima e Mendoza foram os principais destaques ofensivos do Vovô no primeiro tempo.

O Ceará voltou para o segundo tempo mordendo o adversário. O primeiro lance digno de nota foi jogada de Mendoza, que chutou forte para boa defesa de Cássio aos 4 minutos.

Logo no início da segunda etapa, o meia-atacante Vina sofreu dor muscular e teve que ser substituído. Sem sua principal peça ofensiva, o Vovô postou-se na defesa e tentou usar os contra-ataques. As entradas de Jorginho, Rick e Yony Gonzales ocorreram para dar ao time essa característica de velocidade.

Aos 20 minutos o Ceará conseguiu o contra-ataque que queria. A jogada acabou nos pés de Jorginho, que chutou, sem dificuldades para Cássio.

O Corinthians demonstrou pouca criatividade. Chegou ocasionalmente no ataque com bolas alçadas na área para o atacante Jô tentar a sorte contra a zaga do Vovô.

O Vovô pareceu acanhado na reta final da partida. Foi uma blitz pesada que o time sofreu até Roger Guedes empatar o jogo com chute no ângulo do goleiro João Ricardo. 1 x 1.

Em seguida o Ceará encaixou jogada ofensiva que chegou aos pés de Jorginho que driblou o primeiro marcador. Mas ao invés de finalizar a jogada, ele preferiu se jogar para cavar um pênalti, desperdiçando um ótimo ataque.

Mas o Vovô não se abateu. Fabinho encontrou Igor Rabelo que cruzou no segundo pau para Yony Gonzales marcar seu segundo gol com a camisa do Alvinegro. 2 x 1. Nos minutos finais os jogadores do Vovô picotaram a partida, não permitindo que o Corinthians pudesse encaixar qualquer jogada.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS