Opinião

PDT inicia pré-campanha pelo Cariri – Roberto Moreira

Deputado federal André Figueiredo é presidente da sigla no Estado (Foto: Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados)

O PDT, maior partido político do Ceará, abre, no próximo sábado, 11, a temporada da pré-campanha no Ceará. A cidade escolhida foi Brejo Santo. O partido homenageia o deputado Wellington Landim, morto em pleno mandato após contrair uma bactéria. Sua mulher, Gislaine Landim, é a prefeita do município, e o filho e médico Guilherme Landim, é deputado estadual, ocupando a vaga do pai. São lideranças do Cariri Oriental, região criada por Wellington Landim, que defendia maior participação do Cariri nas decisões do Ceará. A região tem muitas ligações com Pernambuco. No domingo, 12, o Encontro Regional será em Barbalha, município também governado pelo PDT e território político do governador Camilo Santana, PT, um grande aliado.

O fato do PDT iniciar a pré-campanha surpreendeu os aliados e pegou de surpresa os opositores, que esperavam o debate político eleitoral apenas em 2022. A necessidade de antecipar a mobilização de faz necessária pelo avanço do PT, principalmente do lulismo. Os bolsonaristas não preocupam, são poucos, apenas barulhentos nas redes sociais.

O PDT quer ouvir a militância e seus líderes nos 184 municípios. A sigla está presente na governança de 176 cidades, uma impressionante marca. Para administrar toda essa engrenagem, André Figueiredo, Cid Gomes, Mauro Filho, Roberto Cláudio , Zezinho Albuquerque, Evandro Leitão, os 36 deputados estaduais e federais da base, atuam quase que diariamente para oferecer assistência e apoio político.

Os encontros regionais terão a presença de Roberto Cláudio, o ex-prefeito que pode se tornar a aposta do PDT para suceder Camilo Santana. O jovem ex-prefeito de Fortaleza, conhece muitas lideranças do interior, mas precisa construir uma relação sólida com as lideranças fora da Região Metropolitana. Os encontros regionais ajudarão a perceber quem agrega mais para uma disputa majoritária.

A missão que o PDT inicia exibe um partido que tem táticas e um radar para saber a hora certa de se mexer politicamente no território cearense e brasileiro. A visão mais ampla mostra um partido oxigenado e ligado no momento político.

Ciro Gomes, que será a estrela maior dos encontros, por ser candidato a presidente da República já está percorrendo o Brasil. Trabalha sua postulação também através das redes sociais por conta dos protocolos da pandemia de COVID-19. Será sua 4ª tentativa de chegar ao Palácio do Planalto. Segundo as pesquisas, a população, em sua ampla maioria, rejeita Lula e Bolsonaro. Ciro aos poucos vai crescendo nas mesmas pesquisas e os adversários já o enxergam no retrovisor.

Roberto Cláudio, Mauro Filho, Ivo Gomes, Zezinho Albuquerque e Evandro Leitão são nomes que estão na mente dos prefeitos, vereadores , lideranças comunitárias e dos movimentos sociais que apoiam o projeto político em andamento no Ceará. Um deles será o escolhido para a disputa de 2022. Cid Gomes já avisou: “não serei mais candidato aos cargos por onde passei”. A declaração deixa claro que Cid tem dois projetos para o ano que vem. Ajudar a eleger o governador do Ceará e o presidente do Brasil.

Bolsonaro se empolga e convoca Conselho da República no palanque

O presidente Jair Bolsonaro, ao ver a multidão no gramado da Esplanada dos Ministérios, se sentiu poderoso e convocou o Conselho da República, aos gritos, em cima do palanque, dizendo que ia “mostrar a foto”. Ele se referia ao apoio popular para suas teses de oposição ao STF e Congresso Nacional. Os conselheiros negaram a possibilidade de reunião nesta quarta-feira. Em São Paulo, Bolsonaro não tocou no assunto para a multidão de evangélicos e trabalhadores de empresários do Agronegócio.

Calendário eleitoral em aberto

Faltam 29 dias para a abertura da janela partidária. Até agora o Congresso Nacional não definiu se em 2022 as coligações proporcionais voltarão ou não. O novo Código Eleitoral pode entrar na pauta até sexta-feira se sair um acordo entre Câmara e Senado.

30 mil cestas

O gabinete do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão, está lotado de prefeitos, vereadores e presidentes de entidades filantrópicas. Todos pedindo cestas básicas. Evandro tenta atender a todos. As 30 mil cestas doadas aos programas sociais liderados pela 1ª dama do Estado, Onélia Santana, atenderá muitas entidades.

Antônio Henrique fechado com Sarto

O prefeito José Sarto tem um patrimônio eleitoral importante no interior do Ceará, além de Fortaleza. Na conversa com o presidente da Câmara, Antônio Henrique, o prefeito apoiou a intenção do edil de disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Sarto, habilidoso, não revela como irá ajudar os amigos por conta dos aliados que são candidatos.

Os suplentes

O vereador Adail Júnior é vice-presidente da CMFor (Foto: Cleonardo Dias/ CMFor)

O vereador Adail Júnior, PDT, vice presidente da Câmara de Vereadores da Capital, se tornou defensor dos suplentes de vereadores e deputados. Quer que as coligações e partidos prestigiem os suplentes, licenciando titulares de mandatos e nomeando suplentes para bons cargos. Se queixou uma vez e vai retomar as reclamações da tribuna da Câmara de Vereadores.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS