Opinião

O que te impede de agir?

Por
Lívia de Andrade

Na minha vida profissional, encontro muitas famílias que demoram anos para fazer o inventário do patrimônio de um parente falecido. Na minha experiência como advogada, vejo que o adiar a abertura do inventário é a regra, poucas são as famílias que, de pronto, agem.

Eu e minha família, por exemplo, adiamos por 3 anos a adoção dos procedimentos para transferência dos bens de um familiar! Pois é, “casa de ferreiro, espeto de pau!”.

Vejo diversos motivos para esse adiamento. Os principais: custos financeiros do inventário e briga entre os herdeiros sobre a divisão e destino dos bens.

Mas há quem não se sinta emocionalmente preparado, pois a divisão dos bens seria como uma aceitação definitiva da perda. Já vi também situação em que os bens imóveis estavam em total irregularidade e os herdeiros acabaram por desistir. E outra situação que, recentemente me ocorreu, foi o grande número de herdeiros, muitos com localização desconhecida e nenhum dos herdeiros queria assumir a “trabalheira”.

É claro que para cada situação há uma solução profissional diferente. O caminho de um inventário e partilha dificilmente é igual, assim como as famílias que, em essência, são iguais, mas sempre diferentes.

Retardar um procedimentos do qual não se pode fugir, pode parecer o adequado naquele momento, o menos trabalhosos. Contudo, posteriormente isso irá cobrar seu preço, seja no pagamento de multa, seja na complicação que vai se tornando cada vez maior, seja na impossibilidade de fazer negócios formalizados com o patrimônio.

O primeiro passo é, claro, a decisão íntima do herdeiro em agir. O segundo é a escolha de um profissional de confiança e especializado, que tome para si a responsabilidade pela solução do caso e que conhecerá os melhores meios de agir, não importa o quão complicado o caso seja.

E quanto a você, o que te impede de agir e dar início ao inventário? A especialidade, o conhecimento e a vontade de resolver nós temos, basta você dar o primeiro passo para lhe ajudarmos com o resto.

Lívia de Andrade Manfridini é advogada

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS