Opinião

Finalmente chegou a hora da vacinação

Por
Pedro França

Estamos em junho de 2021 e a pandemia do novo coronavírus ainda nos assola. Em meio a tantas baixas, escândalos e muito negacionismo, finalmente chegou a hora da vacinação.

Mesmo que de forma tardia, se comparado a outros países, o Brasil ainda no começo do ano deu inicio ao PNI – Plano Nacional de Imunização. A politicagem, mesmo em meio a toda a crise que o país vem enfrentando, fez parte de cada momento do processo de combate ao vírus.

Agora, como de costume, não está sendo diferente. Estamos ao longo das últimas semanas acompanhando o andamento da CPI da COVID, instaurada pelo Senado Federal e que vem servindo de palanque político para alguns Senadores, cujo o principal objetivo vem sendo a promoção pessoal e não a verdade.

Mesmo com sérias descobertas, como as informações prestadas pelo Gerente Geral da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo, onde citou e provou documentalmente a oferta de 1,5 milhões de doses da vacina produzida pela farmacêutica ao Governo Federal, que se quer teve resposta. Na época em que a população clamava por uma saída, a resposta do governo foi ignora-lá.

Enquanto a maioria defendia a ciência, alguns preferiram defender o negacionismo. Felizmente, esse não é o caso do nosso Ceará. Nesta semana, Fortaleza ultrapassou a marca de 1 milhão de doses aplicadas, enquanto o Estado superou a marca de 3 milhões doses, sendo o primeiro colocado no ranking do Nordeste e o quarto no âmbito Nacional em relação a D2.

Portanto, parabenizo o Governador Camilo, o Prefeito Sarto e o Ex-Prefeito Roberto Cláudio pela seriedade e postura de liderança em um momento tão crítico. Deixo registado ainda, meus agradecimentos aos Secretários de Saúde do nosso Estado e do Município, Dr. Cabeto e Dra. Ana Estela em nome de todos os profissionais da saúde que se arriscam diariamente em prol do povo cearense.

Méritos são necessários neste momento, pois mesmo que este cuidado seja obrigação de nossos gestores, foi a falta de cuidado e zelo com a população, que mais vitimou o Brasil.

Pedro França é vereador de Fortaleza pelo Cidadania

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS