Economia

Sebrae lança portal que orienta empreendedores na hora de abrir o seu próprio negócio

Ferramenta do Sebrae-CE visa diminuir mortalidade de micro e pequenos negócios. Fortaleza e mais quatro cidades no estado foram inteiramente mapeadas. Plataforma é gratuita e conta com consultoria personalizada

Giuliano Villa Nova
economia@ootimista.com.br

A pesquisa de mercado é uma ferramenta fundamental para o sucesso de qualquer empresa. Por meio dela, é possível saber as características do local onde o negócio será aberto, o perfil do consumidor, as características da malha viária e do acesso, permitindo que o empresário decida com mais precisão o tipo de negócio a ser iniciado.
O problema é que um instrumento como esse é caro, demorado e muitas vezes inacessível para empreendedores com poucos recursos. Por isso, o Sebrae-CE lançou o Radar de Oportunidades, ferramenta online com uma série de informações voltadas para os micro e pequenos empresários.
A ideia é diminuir a quantidade de pessoas que abrem um negócio por necessidade e ampliar o percentual daquelas que empreendem por oportunidade. “A falta de um bom projeto antes da abertura leva seis em cada 10 empresas de micro e pequeno porte à mortalidade nos dois primeiros anos. O Radar traz uma base de dados que permite ao empreendedor tomar as melhores decisões para dar andamento ao negócio”, explica Alci Porto, diretor técnico do Sebrae-CE.

Dados estratégicos
O Radar de Oportunidades traz informações detalhadas, rua por rua, em todos os bairros de Fortaleza, sobre os tipos de negócios existentes, que produtos e serviços oferecem, o perfil de consumo dos moradores do bairro, entre outros dados estratégicos. “Quando o empreendedor decide abrir um negócio, não basta saber o que ele gosta ou sabe fazer. É preciso olhar para o mercado como um todo, para entender melhor as tendências e os custos de empreender ali. Essa ferramenta traz esses indicadores, não só para empreendedores iniciantes mas para empresários que interessados em desenvolver uma lógica de encadeamento produtivo, quando uma empresa âncora busca pequenos empreendedores para serem fornecedores”, observa Felipe Melo, gerente de estratégia do Sebrae-CE.
A consulta ao Radar de Oportunidades é simples e gratuita. Ao entrar na plataforma, o empreendedor é questionado se tem uma ideia de negócio, o segmento e o local em que pretende investir. “Quanto mais informações ele fornece para o sistema, mais aprofundada fica a pesquisa e mais amplo se torna o conhecimento a respeito da localidade, revelando a viabilidade da ideia empreendedora”, ressalta Alci Porto.
Depois de realizada a pesquisa básica de dados, o empreendedor é encaminhado para um atendimento personalizado com um consultor do Sebrae, quando também serão avaliados as necessidades de tecnologia e de linha de crédito para aquele empreendimento.
O Radar de Oportunidades foi desenvolvido pelo Sebrae da Bahia em 2011, e depois de dois anos de aprimoramentos, começou a ser implantado em outros estados. No Ceará, a plataforma está disponível desde setembro e já contempla cinco cidades – Fortaleza, Caucaia, Sobral, Juazeiro do Norte e Aracati. “Em cerca de 45 dias, já tivemos mais de de 56 mil visualizações de páginas, com 12 mil acessos e mais de 1.420 relatórios completos gerados para os empreendedores. Até o final do primeiro semestre de 2021, a previsão é estarmos com mais 13 cidades-polo do Ceará contempladas pelo Radar”, projeta Felipe Melo.

mais
Para consultar o Radar de Oportunidades, acesse: www.radarsebrae.com.br. Mais informações (0800.570.0800) ou www.ce.sebrae.com.br

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS