Economia

Prefeitura cria programa de microcrédito para 20 mil mulheres de baixa renda

Prefeito José Sarto anunciou “o maior projeto de microcrédito da história de Fortaleza”, com financiamento de até R$ 3 mil para estimular o empreendedorismo, prioritariamente entre as mulheres chefes de família na Capital

Giuliano Villa Nova
economia@ootimista.com.br


Definido como “o maior programa de microcrédito da história de Fortaleza”, o projeto “Nossas Guerreiras” foi anunciado ontem (1º), pelo prefeito José Sarto (PDT), durante a sessão de abertura dos trabalhos da Câmara Municipal.
A iniciativa vai atender até 20 mil mulheres de baixa renda no primeiro ano da gestão municipal, fornecendo microcrédito no valor de até R$ 3 mil para aquelas que desejam empreender. “O programa vai proporcionar crédito para a capacitação de mulheres, para que fiquem em casa, perto de seus filhos, e que possam, por exemplo, ter um carrinho de cachorro-quente, fazer um curso de bolos, de doces, para terem uma renda extra. Com isso, a economia da cidade será melhorada e o dinheiro vai circular na comunidade”, explicou o prefeito de Fortaleza.
A prioridade do “Nossas Guerreiras” são mulheres chefes de família, que terão recursos para financiar a compra de equipamentos, materiais e insumos, estimulando o empreendedorismo feminino. De acordo com o prefeito, as mulheres beneficiadas terão carência de seis meses e poderão efetuar o pagamento em até 30 meses sem a cobrança de juros.

Apoio
Segundo José Sarto, R$ 50 milhões estão disponíveis para a execução do programa. “Eu já tive a garantia do Governador Camilo Santana. As nossas equipes já se reuniram duas vezes e eu creio que brevemente devo estar enviando aos vereadores de Fortaleza o projeto de lei que trata sobre essa questão tão importante para o nosso desenvolvimento econômico”, anunciou.

Projetos para 2021
Como parte do plano de retomada econômica da capital cearense, o “Nossas Guerreiras” integra o conjunto dos principais projetos previstos para este ano na Capital, nas áreas de saúde, educação, habitação, segurança, mobilidade urbana, assistência social, esporte, lazer e juventude, entre outras.
Além do “Nossas Guerreiras”, o prefeito José Sarto citou o programa Juventude Digital, que capacitará jovens em tecnologia e inovação para inseri-los no mercado de trabalho.
Além disso, haverá ampliação do Meu Bairro Empreendedor, com o intuito de fortalecer economias locais.

Volta às aulas de forma remota

O prefeito José Sarto também fez referência ao Plano de Retorno às Aulas. Em virtude da pandemia, o ano letivo de 2021 foi iniciado de forma remota.
A modalidade virtual é a mesma adotada no ano passado, que se mostrou importante para a preservação dos vínculos entre estudantes e escola. Houve aumento no número de matrículas e redução da evasão escolar. De acordo com o prefeito, os alunos receberão material didático, livros e kit de alimentação para suprir a merenda escolar.

Equipamentos
O prefeito reforçou que o processo de licitação para a aquisição de tablets e chips está em andamento.
Serão disponibilizados 21 mil tablets e 242 mil chips com pacotes de dados para o desenvolvimento das atividades pedagógicas em regime domiciliar.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS