Jornal Impresso

Por precaução, cerca de 20 equipamentos públicos na Capital suspendem atividades culturais

Espaços das secretarias estadual e municipal optaram por paralisar eventos e afins pela circunstância epidemiológica do Ceará. Programações como Pôr do Sol Fortaleza estão suspensas pelas próximas semanas

Lucas Braga
lucasbraga@ootimista.com.br

Mercado dos Pinhões é um dos espaços com atividades culturais suspensas (Foto: Edimar Soares)

Após o início do atual decreto estadual com ações de combate e prevenção ao coronavírus, a Secretaria da Cultura do Ceará (Secult-CE) suspendeu programações artísticas e culturais públicas no Ceará com maior risco de aglomeração e disseminação de covid-19. A decisão também considerou as demais síndromes respiratórias circulantes como risco ao público e a trabalhadores da cultura.

Em decorrência desse agravamento do quadro sanitário, a Secretaria da Cultura de Fortaleza (Secultfor) também suspendeu atividades e programações culturais presenciais do mês, na Capital. “A decisão é tomada observando o atual cenário epidemiológico e seguindo o Decreto Municipal nº 15.222, de 5 de janeiro de 2022”, informou a pasta da Capital.

O decreto estadual em vigência inclui a proibição de festas de Carnaval e Pré-Carnaval, além da limitação de pessoas em eventos, sendo permitido 500 em locais abertos e 250 em locais fechados. Os editais de fomento a festas públicas de Pré-Carnaval e Carnaval já haviam sido descartados desde dezembro. Os quase R$ 14 milhões que seriam destinados ao Ciclo Carnavalesco de Fortaleza serão utilizados em alimentos, saúde e apoio à cultura.

Locais e atividades
Para evitar aglomerações, equipamentos culturais municipais como Anfiteatro da Beira-Mar, Passeio Público, Mercado Cultural dos Pinhões e Teatro São José, que vinham recebendo agenda com atividades aos fins de semana, não promoverão eventos neste período. Além disso, o projeto Piano na Comunidade, que ocorre às segundas-feiras nos bairros de Fortaleza, não terá programação.

As apresentações do Projeto Pôr do Sol Fortaleza, que ocorrem aos domingos, na Avenida Beira Mar, também estão suspensas pelo menos até o próximo dia 5. Já as bibliotecas Municipais Herbênia Gurgel, Dolor Barreira e Cristina Poeta seguem com suas atividades em execução, recebendo o público infantil (até no máximo 10 crianças), evitando aglomerações e cumprindo todos os protocolos sanitários.

Apenas as atividades com maior risco de aglomeração foram suspensas pela Secult, inclusive no Interior do Ceará. Os demais serviços e ações da rede pública de equipamentos culturais serão mantidos, também seguindo os protocolos, a exemplo de oficinas, cursos, consultas, pesquisas, ensaios, aulas, somadas às programações transmitidas pelas plataformas digitais.

Locais em suspensão
Arquivo Público Estadual do Ceará
Biblioteca Pública do Estado do Ceará (Bece)
Casa de Juvenal Galeno
Centro Cultural Bom Jardim
Centro Dragão do Mar
de Arte e Cultura
Cineteatro São Luiz
Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho
Museu do Ceará
Museu da Imagem
e do Som
Museu da Cultura Cearense
Museu de Arte Contemporânea do Ceará
Porto Iracema das Artes
Centro Cultural Porto Dragão
Sobrado Dr. José Lourenço
Theatro José de Alencar
Teatro Carlos Câmara
Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco
Anfiteatro da Beira-Mar
Passeio Público
Mercado Cultural dos Pinhões
Teatro São José

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS