Economia

Marquise Incorporações lança empreendimentos de alto padrão em SP com VGV acima dos R$ 220 milhões

O lançamento de duas torres residenciais e uma torre comercial em área nobre de São Paulo, no bairro Vila Nova Conceição, soma investimento estimado em R$ 80 milhões. O local é o ponto inicial da expansão da marca em nível nacional

A chegada em grande estilo da Marquise Incorporações à capital paulista consolida a primeira fase de expansão da empresa a nível nacional. O lançamento de duas torres residenciais e uma torre comercial em área nobre de São Paulo, no bairro Vila Nova Conceição, soma investimento estimado em R$ 80 milhões.
Atenta ao reaquecimento do mercado imobiliário no País, a veterana aposta no segmento de altíssimo padrão, em 48 unidades de 173m² e 4 coberturas duplex de 334m² – o Valor Geral de Venda (VGV) estimado supera os R$ 220 milhões.

Design
O sofisticado design é assinado pelos escritórios Affalo Gasperini Arquitetos, Benedito Abbud Arquitetura Paisagística e Fernanda Marques Arquitetos Associados. A imobiliária Coelho da Fonseca está à frente das vendas, desde a compra do terreno; enquanto a construtora Exemplar é parceira e co-incorporadora.
“É um time de peso, gerando projeto com arquitetura moderna e diferenciada; paisagismo irreverente e elegante. Será um empreendimento com qualidade, sofisticação e inovação na forma de morar”, destaca a diretora da Marquise Incorporações, Andréa Coelho.
O lançamento, histórico para a companhia e para o setor, é ainda mais icônico pela vista permanente para o Parque Ibirapuera. Além da localização, o empreendimento apresenta área de lazer ampla e atrativa, com mais de 900m² de área de piscina, por exemplo, dentre muitos outros itens.
“Em São Paulo, ter um espaço como esses, e ainda com privacidade, é realmente um grande diferencial. Esse produto reflete o nosso DNA e oferece aos paulistanos uma moradia moderna, funcional, aconchegante e única”, completa.

Novos projetos
O segundo empreendimento da Marquise em São Paulo acompanha a tendência de compactos com preços competitivos: são unidades de 30m² e tem VGV estimado em 75 milhões de reais. E a incorporadora já prospecta novos terrenos na capital para expandir os negócios na região.

Segmento residencial
O plano é investir no segmento residencial, sem esquecer os projetos comerciais, uma vez a lei municipal traz obrigatoriedade de empreendimentos mistos em algumas regiões.
“Estamos fechando grandes parcerias, que são a somatória de forças e competências neste nosso desafio. Estes novos negócios refletem em nosso planejamento estratégico dos próximos 3 anos; onde temos uma previsão de 320 milhões de reais a serem lançados em 2021 e um crescimento anual de 22% nos dois outros anos seguintes”, conta Andréa.

Ponto inicial
Com 46 anos de história, a Marquise tomou São Paulo como ponto inicial do plano de expansão da marca em nível nacional, após estudos de mercado e competitividade. Contudo, os projetos no Ceará não serão deixados de lado.
No início deste ano, será lançado novo empreendimento de compactos no bairro Meireles, em Fortaleza, a 300 metros da Beira-Mar: um edifício moderno de mais de 30 andares. Na área de lazer, itens de conveniência, já adaptado para o novo modo de viver, como o Coworking e delivery room.

MLar
Também em Fortaleza, o novo braço do grupo, a MLar chega no primeiro semestre de 2021 para atender o nicho de mercado que vem crescendo e apresentando novas necessidades e expectativas, os imóveis econômicos.
O primeiro empreendimento da MLar será construído nas proximidades do Lago Jacarey, Zona Sul da cidade, entre os bairros Cambeba e Cidade dos Funcionários.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS