Economia

Grupo Odebrecht muda o nome para Novonor

 (Foto: Joel Silva/Folhapress)

O Grupo Odebrecht anunciou, na sexta-feira (18), a mudança de nome. A empresa passa a se chamar Novonor.
O anúncio foi feito por Maurício Odebrecht, único membro da família que faz parte do conselho de administração da empresa atualmente, durante reunião anual transmitida pela internet para todos os funcionários. “Esta é uma decisão histórica para nós. Estamos apresentando a marca de uma empresa inteiramente transformada, e que passa a contar a sua história a partir de agora sempre olhando para o futuro”, afirmou Maurício em nota enviada pela empresa.
Ele disse ainda que a mudança não era para apagar o passado. “Passado não se apaga. Passado é exatamente o que ele é -passado. Depois de tudo o que promovemos de mudanças e de correção de rumos, estamos agora olhando para o que queremos ser: uma empresa inspirada no futuro. Este é o nosso novo norte.” Atualmente, o Grupo Odebrecht conta com 25 mil empregados e seis empresas nas áreas de engenharia e construção, mobilidade urbana e rodovias, petróleo e gás, mercado imobiliário, petroquímica e indústria naval. Outras empresas que compõe o grupo já haviam mudado de nome nos últimos anos. OEC antes era Odebrecht Engenharia e Construção, Ocyan era Odebrecht Óleo e Gás, Atvos era Odebrecht Agroindustrial. A Odebrecht Realizações Imobiliárias passou a se chamar OR. Hoje, a empresa passa por um processo de recuperação judicial, considerado o maior da história do país, com dívidas totais estimadas em R$ 98,5 bilhões.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS