Economia

Estudo aponta que quase metade das mulheres empreendedoras é negra

No Dia Internacional da Mulher, celebrado na próxima segunda, 8, é necessário refletir principalmente sobre a mulher negra e os desafios que ela enfrenta, seja para ser reconhecida no mercado de trabalho ou até por sua subsistência como empreendedora.
O relatório do Sebrae sobre empreendedorismo negro de 2019 aponta que, no Brasil, 9,6 milhões de mulheres estão à frente de um negócio, sendo que as mulheres negras representam metade desse número, ou seja, cerca de 4,7 milhões são mulheres negras.
A razão para este número seria a sub-representação da mulher negra no mercado de trabalho, que tem impulsionado esses números nos últimos anos, o que pode ser comprovado no estudo do Ethos, “Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 maiores empresas do Brasil e suas Ações Afirmativas”. Na perspectiva de raça, o estudo mostra que mulheres negras são ainda mais excluídas nas empresas, principalmente nos cargos executivos e da alta liderança, sendo apenas 1,6% da gerência e 0,4% do quadro executivo.
Entre os 548 executivos analisados para a conclusão do estudo, apenas duas mulheres negras faziam parte do grupo. Segundo Liliane Rocha, CEO e Fundadora da Gestão Kairós, consultoria de Sustentabilidade e Diversidade, essas diferenças são reflexos do racismo estrutural que ainda é muito forte na sociedade brasileira.

“Dentro das grandes empresas, chega uma hora que a mulher negra percebe que está lidando com uma barreira invisível. Neste instante, se dá conta de que, para ter o tamanho profissional e social que merece, deverá empreender”

Renata Santiago assume Ibef-CE

A executiva Renata Santiago assumiu oficialmente ontem (1º), a presidência do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef-CE) para o biênio março de 2021 a fevereiro de 2023. Ela recebeu o Instituto como sucessora de Luiz Antonio Trotta Miranda, que assume agora a função de vice-presidente. “Vou atuar com base em conexão e conhecimento. São duas fortes ferramentas que, unidas, vão alicerçar a minha gestão”, destacou.

Sons do Bem 2021
O Movimento Sons do Bem continua com ação de arrecadação de cestas básicas iniciada desde 2020 para ajudar músicos, técnicos de som e luz, roadies, staffs e autônomos do setor de eventos, durante a pandemia de covid-19. Em 2020 já foram mais de 4.500 cestas arrecadadas. A parceria conta com Arte Produções, Austin, Camarote Shows e Eventos, D&E, For You, Free Lancer Produções, MegaSom, Multi Entretenimento, Social Music, Vibbe e 7Tons. As doações podem ser feitas pelo site (www.sonsdobemceara.com.br). Para doações físicas basta entrar em contato pelo número (85) 98218-9108.

Crescimento
A LS Centro Automotivo registrou um crescimento de 60% na busca pelos seus serviços durante a pandemia. A empresa cearense comemora 19 anos no mercado e atua como serviço essencial, focando no atendimento em carros de frota de supermercados e veículos da área de saúde, como ambulâncias, serviços de hospitais e carros de segurança.

Exposição
Em celebração ao Dia Internacional da Mulher, o Shopping Parangaba realiza a exposição “Elas”, que acontece até o próximo dia 14 deste mês na passarela de vidro, no piso L2. “Essa exposição é uma homenagem a todas as mulheres fortes e guerreiras”, destaca Felipe Bahiana, gerente de marketing do Shopping.

Modelos por um dia

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março, a Estilo Feitiço convidou colaboradoras e clientes para realizar um editorial com os looks da marca. As peças estão disponíveis nas lojas e e-commerce desde ontem (1º). Além das fotos, as convidadas compartilharam, por meio de vídeo, suas histórias e as mulheres que são suas inspirações. A gerente de marketing da Estilo Feitiço, Manu Corrêa, participou da campanha. “Queríamos trazer mais proximidade para nossas clientes e colaboradoras, e que elas se sentissem abraçadas de alguma maneira. O resultado ficou lindo, e espero que nossas convidadas também sejam inspirações para mais mulheres”, comenta.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS