Economia

Economia circular

Maiso Dias

maisodias@ootimista.com.br

Economia circular

Um nova parceria entre a Danone e a Leroy Merlin pretende transformar a cadeia produtiva do plástico por meio do incentivo a startups com soluções para a redução do impacto ambiental do material. O projeto vai estimular empresas com foco na economia circular para reutilização de resíduos plásticos gerados pela Danone.

Capitalismo consciente
O número de empresas que aderiram ao Instituto do Capitalismo Consciente Brasil dobrou em 2020 – e a pandemia influenciou nesse crescimento. Este conceito defende que as companhias devem ampliar suas preocupações para além do lucro, cuidando para que os impactos sociais e ambientais de suas ações sejam positivos.
Diversidade na cadeia de valor
Novos cenários estratégicos envolvem incluir novas áreas da empresa para pensar a diversidade e inclusão, criar programas específicos e mudar diretrizes do sistema de compras e prestação de serviços dos seus fornecedores e parceiros, afinal, esses stakeholders fazem parte dos grupos temáticos, tais como: mulheres, mães, LGBTIQ+, pessoas com deficiência, negros e indígenas, +50 anos, imigrantes e refugiados, etc.

Sustentabilidade na prática
Com o objetivo de reforçar suas credenciais de sustentabilidade, a Volkswagen quer atrelar bônus de executivos do alto escalão às metas ambientais, sociais e de governança, ou ESG na sigla em inglês, cada vez mais valorizadas por investidores. A Volks planeja obter a aprovação de acionistas para o sistema de remuneração atualizado durante a assembleia geral anual do próximo ano, disse o presidente do conselho da montadora, Hans Dieter Poetsch.

 

Uma resposta para “Economia circular”

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS