Jornal Impresso

Com cerca de 56 mil crianças vacinadas, Ceará avalia se vai pedir CoronaVac diretamente a SP para imunização infantil

No total, Estado tem 55.593 crianças imunizadas contra covid-19. Ministério anuncia que quarto lote de doses de Cormirnaty chegará ainda este mês

Kelly Hekally
Correspondente em Brasília
kellyhekally@ootimista.com.br

Vacinação infantil no Ceará, bem como em todo Brasil, teve início em meados deste mês (Foto: Edimar Soares)

Com a atualização da Secretaria de Saúde (Sesa) do Ceará publicada nesta quinta-feira, 27, o Estado passou a somar 55.593 crianças vacinadas contra a covid-19. Na quarta-feira, 26, o número estava em cerca de 30 mil, mesmo dia em que o terceiro lote, com 80 mil doses, desembarcou no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. A imunização contra a doença no Ceará, assim como em todo Brasil, teve início em meados deste mês.

A dose administrada no público entre cinco e 11 anos é a Comirnaty, da Pfizer/Biontech, única que possui autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser administrada no País na faixa etária, até o momento. O processo de validação da CoronaVac por parte do órgão federal foi concluído na semana passada – esta vacina foi autorizada para o eixo etário entre seis e 17 anos.

O público entre 12 e 17 anos no Brasil, até então, só podia ser vacinado com imunobiológico Pfizer. O Otimista apurou que o Estado aguarda o fluxo de envio de Cormirnaty, por parte do Governo Federal, para decidir se vai solicitar ao Instituto Butantan doses de CoronaVac viabilizadas por meio de acordo realizado diretamente com o Governo do Estado de São Paulo no ano passado.

O Ceará aguarda o recebimento do quarto lote de Comirnaty diante do anúncio do Ministério da Saúde, ocorrido também nesta quinta, de que vai receber doses do tipo de maneira antecipada no próximo dia 31 – a priori, o lote chegaria na primeira semana de fevereiro. Até a noite passada, o Brasil havia recebido, ao todo, 4,2 milhões de doses pediátricas de vacina.

444.328 cadastradas
O Ceará soma cerca de 904 mil crianças entre cinco e 11 anos aptas a serem vacinadas contra a covid-19. O número de cadastros de pais ou responsáveis sinalizando a intenção de aplicação de doses em crianças somava, conforme os dados mais atuais da gestão estadual, 444.328. O quantitativo contudo, pode ser ainda maior, desde que a validação com confirmações via email solicitadas pelo sistema seja realizada. A vacinação infantil tem sido defendida, entre outras razões, pelos óbitos de crianças já registrados em todo País; pelo surgimento da variante Ômicron, que tem transmissibilidade mais agressiva que as anteriores; e pelo começo do ano letivo de 2022.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS