Economia

Plataforma “Não me perturbe” já contabiliza 93 mil números no CE e 577 mil no Nordeste

A Região Nordeste tem 577 mil números de telefones cadastrados na plataforma Não Me Perturbe para não receber chamadas de telemarketing de empresas de telecom e de bancos. Deste total, 93 mil estão no Ceará. Distribuídos por estado, o número de bloqueios é: 157 mil na Bahia, 125 mil em Pernambuco, 44 mil na Paraíba, 35 mil no Maranhão, 33 mil em Sergipe, 31 mil no Rio Grande do Norte, 30 mil em Alagoas e 29 mil no Piauí.
A plataforma está em operação desde julho de 2019 e já tem 8,12 milhões de números de telefone cadastrados em todo o Brasil. A iniciativa, criada pelas operadoras de telecom, faz parte das medidas de autorregulação do setor para melhorar a relação com os consumidores.
Sergipe é o estado da região com maior porcentagem de números bloqueados. Com 2,307 milhões de acessos móveis e fixos, 1,4% deles estão cadastrados na plataforma. Apesar do Maranhão não ser o último colocado da região em número total de bloqueios, é o estado brasileiro com menor percentual de números cadastrados, com 0,6%. A plataforma passará agora por um aprimoramento e um controle maior da atuação dos parceiros das operadoras para reduzir ainda mais as chamadas.

Para bloquear os números de celular e telefone fixo, o consumidor deve fazer cadastro no site https://www.naomeperturbe.com.br/ ou por meio dos Procons em todo o país. O bloqueio ocorre em até 30 dias após o cadastro no site.

Setor de supermercados em alta

As perspectivas de crescimento para o setor supermercadista são favoráveis. Até o final de 2021, estima-se um crescimento total de 4,5%, com base nos levantamentos realizados pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Segundo o presidente da Associação Cearense de Supermercados (ACESU), Nidovando Pinheiro, “com a pandemia, foram intensificadas as refeições feitas no lar, o que impulsionou as compras de alimentos no varejo supermercadista”.

Natura é a mais amada da AL
A Natura foi reconhecida como a marca mais amada da América Latina no pós-pandemia, de acordo com o relatório Love Brands 2021. Divulgado anualmente, o estudo é resultado da parceria entre a Talkwalker, empresa global de mídia social e escuta e análise de Internet, e a Interbrand, consultoria global de marcas. A pesquisa avaliou 1.228 marcas globais para descobrir quais as 10 mais queridas na região

Unidos pela vacina
O Instituto C&A, braço social da C&A Brasil, vai doar R﹩ 215 mil para o movimento “Unidos pela Vacina”, para viabilizar a vacinação contra a Covid-19 para todos os brasileiros até setembro de 2021. A doação será destinada exclusivamente para a região Nordeste em cidades que carecem de insumos básicos para vacinação, como itens de saúde.

Ceará na lista
Serão 12 cidades beneficiadas pelo Instituto C&A: São Francisco e Telha, em Sergipe, e Acaraú, Barbalha, Brejo Santo, Canindé, Cascavel, Crateús, Itapipoca, Maranguape, Pacajus e Quixadá, no Ceará. O Instituto pretende, até o final deste mês, doar R﹩ 1 milhão para compras e distribuição de alimentos, beneficiando cerca de 150 mil pessoas.

Vanessa Castanho assume Citroën

A administradora de empresas Vanessa Castanho assumiu a Citroën na América do Sul. Ela tem pela frente a missão de consolidar a presença da Marca na região, ampliando seu crescimento nos mercados em que atua. Vanessa terá sob sua responsabilidade o desenvolvimento de produtos, a performance, a rentabilidade e a imagem da marca na região, que contempla as filiais do Brasil e da Argentina, além do desenvolvimento da Citroën em mais 10 países da região, junto aos seus importadores locais: Chile, Paraguai, Uruguai, Peru, Colômbia, Equador, Bolívia, Costa Rica, Guatemala e República Dominicana. A executiva possui uma trajetória de mais de 24 anos de experiência no setor automotivo e é a primeira mulher a pilotar a operação da Citroën no perímetro América do Sul.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS