Economia

PE: Usina termelétrica investirá R$ 3 bi no Complexo de Suape

A previsão é que a usina comece a operar em novembro deste ano

(Foto: Divulgação)

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

Com cerca de três bilhões em investimentos, o Complexo de Suape, litoral Sul de Pernambuco irá receber usina termelétrica de energia (UTE) à base de Gás Natural Liquefeito (GNL). O empreendimento vai gerar em torno de dois mil empregos no período de construção e operação. A obra inclui ainda, além do terminal de gaseificação em Suape, oito quilômetros de dutovias entre o terminal e a usina termoelétrica.

A empresa responsável pela termelétrica será a CH4 Energia, desenvolvedora de projetos no âmbito de energia, em sociedade com a norte americana New Fortress Energy, que opera com transporte de Gás Natural Liquefeito, infraestrutura, terminais de regaseificação, dentre outras coisas. A americana atua em países como Porto Rico, México, Jamaica Nicarágua.

Do valor investido na UTE, 30% deverá ter o empreendedor como provedor e 70% virá de bancos de fomento. A usina terá 16,5 hectares dentro do complexo e a previsão é de começar a operar em novembro deste ano. A Agência do Meio Ambiente em Pernambuco já emitiu licença prévia.

De acordo com o governador Paulo Câmara, o projeto possibilitará preços mais competitivos de gás para as indústrias do local. “Com a instalação da termelétrica em Suape, o governo de Pernambuco também viabiliza um grande terminal de regaseificação para o estado, oferecendo gás com preços muito mais competitivos às indústrias locais”, pontuou Câmara.

O Estado assinou juntamente com a CH4 Energia o Protocolo de Intenções em dezembro de 2020, para viabilizar o projeto. A capacidade de geração de energia da usina será de 3,1 GW.

 

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS