Economia

Memorando assinado por Governo do Ceará e Neoenergia prevê transporte público movido hidrogênio verde

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

Foi assinado nesta segunda-feira (20), um memorando entre Governo do Ceará e Neoenergia para elaboração de projeto que prevê a criação de modal de transporte público movido à hidrogênio verde. O objetivo é transformar Fortaleza será a primeira cidade no Brasil a utilizar hidrogênio verde em mobilidade urbana, com a utilização de Ônibus fuel cell.

Outro objetivo é atingir 18 pontos de energia limpa. Numa etapa posterior, a ideia é chegar a  70 municípios, sendo seis Capitais nordestinas, atendendo um total de 66% dos Estados do Nordeste para beneficiar até 37 milhões de pessoas.

“Hidrogênio verde é a energia do futuro, e esse projeto da Neoenergia é uma ideia pioneira, movida a hidrogênio verde, e faz parte da construção mundial das energias renováveis, e que faremos parte da descarbonização do planeta. É uma condição que não tem mais volta. Eles (Iberdrola) já estão construindo a sua usina de hidrogênio verde lá na Espanha, e por isso estamos assinando agora o memorando, muito felizes por essa iniciativa aqui no Ceará, e colocamos aqui toda a equipe do governo à disposição para poder construir esse projeto”, explicou Camilo Santana.

A Neoenergia é uma empresa integrada de energia que atua nos quatro segmentos do setor elétrico: geração, transmissão, distribuição e comercialização. A ideia é buscar reduzir a emissão de poluentes com novos investimentos e ampliar as oportunidades de negócios e geração de empregos no Ceará, para assim impulsionar a economia do Estado. O hidrogênio verde (H2V) é produzido através de fontes renováveis e é atualmente considerado o pilar da transformação energética mundial por poder ser obtido através da eletrólise da água, uma fonte livre de carbono.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS