Economia

Governo do Ceará anuncia processo seletivo com 173 vagas de emprego em Centros Socioeducativos

Do total de vagas temporárias abertas, 143 serão para nível médio e 30 para nível superior. O edital será publicado em breve

A seleção ocorrerá por conta do término da vigência dos contratos temporários anteriores, visando à reposição das vagas e à continuidade da prestação dos serviços (Foto: Divulgação)

O Governo do Ceará anunciou, por meio da Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas), a abertura de 173 vagas temporárias para contratação de profissionais para atuarem no Sistema Socioeducativo do Estado do Ceará. Do total de oportunidades, 143 serão para nível médio e 30 para nível superior. O edital será publicado em breve.

A seleção ocorrerá por conta do término da vigência dos contratos temporários anteriores, visando à reposição das vagas e à continuidade da prestação dos serviços. “A referida contratação é fase fundamental para a efetiva continuidade no atendimento aos adolescentes que se encontram nos Centros Socioeducativos do Estado do Ceará, pois as ações acima enumeradas devem ser exercidas por profissionais capacitados”, diz a Seas.

A Fundação Universidade Estadual do Ceará (Funece/Uece) foi escolhida para organizar o próximo processo seletivo para a contratação de temporários, sem necessidade de licitação. O contrato é estimado em R$ 349 mil. As informações foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa segunda-feira (22).

Provas do Enem

Nesta terça-feira (23), cerca de 56 jovens dos centros socioeducativos do Estado do Ceará, realizarão provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL). As provas se estenderão até esta quarta-feira (24), e serão aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), dentro das unidades socioeducativas.

A nota do exame pode ser usada para os jovens ingressarem em universidade pública, motivando-os a seguirem uma nova trajetória de vida após a extinção da medida socioeducativa. A realização das provas irá observar todos os protocolos de saúde já previamente definidos pela Seas, a fim de evitar a disseminação do coronavírus.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS