Economia

Fortaleza puxa os bons resultados da Lopes no primeiro trimestre de 2020

Sócio da operação local, Ricardo Bezerra avalia que “esse bom resultado envolveu tantos as vendas obtidas no mercado primário como no secundário, sendo este o grande destaque”

A Lopes Imobilis, única sócia da gigante de intermediação imobiliária Lopes no Nordeste, é uma das principais responsáveis pelo bom resultado da companhia, a maior do setor no Brasil, no primeiro trimestre deste ano. A praça de Fortaleza, que tem participação de 9% no VGV (Valor Geral de Vendas) de toda a operação nacional própria, registrou aumento de 19% no VGV Intermediário em relação a 2019, mostrando a recuperação do setor antes da pandemia. “Esse bom resultado envolveu tanto as vendas obtidas no mercado primário (imóveis novos das construtoras) como secundário (terrenos e imóveis usados), sendo este último o grande destaque”, explica Ricardo Bezerra, sócio-diretor da empresa. Em todo o país, a Lopes registrou aumento de 25% no Volume de Lançamentos em relação ao primeiro trimestre do ano anterior. A receita líquida atingiu R$ 29,7 milhões, 15% maior que no primeiro trimestre de 2019. Bezerra afirma que a expectativa para o segundo semestre de 2020 “é a melhor dos meus 30 anos de mercado”, devido a volta dos lançamentos imobiliários por parte das construtoras.

Liberação de recursos

O deputado Mauro Filho (PDT) cobrou ontem (30), durante reunião remota da Comissão Mista de Acompanhamento das Medidas de Combate à Covid-19, liberação de crédito para empresas, principalmente micro e pequenas, ao ministro da Economia, Paulo Guedes. O pedetista destacou a importância do projeto de sua autoria e do deputado André Figueiredo (PDT) que transfere aproximadamente R$ 160 bilhões de reais, oriundos de fundos públicos federais que não são movimentados há mais de 10 anos, para a União.

US$ 1 bilhão na praça 
Uma das representantes do sistema da XP Investimentos mais premiadas, a Multinvest intermedia negociação de investimentos vindos do exterior que chegam a US$ 1 bilhão, afirmou a sua diretora, Sthefany Muniz, durante o Lide Talks realizado ontem (29). “Estamos no fim de uma transação, trazendo cerca de US$ 1 bilhão através da nossa corretora de câmbio, para que seja investido no Nordeste. Esse dinheiro com certeza vai atingir uma boa parte dos nossos negócios”, revelou. De acordo com ela, operações como essa, que podem irrigar vários setores com capital externo, são possíveis devido ao perfil das corretoras de investimentos, diferente do trabalho feito por bancos.


Zero aftosa

A primeira etapa da campanha contra a Febre Aftosa foi prorrogada até o próximo dia 31 de julho, devido ao baixo índice de vacinação em todo o Brasil, inferior a 50%. A previsão da Adagri, responsável pela campanha no Ceará, é vacinar cerca de 2,6 milhões de bovinos e 1,4 mil bubalinos. Até agora, foi emitida declaração de vacinação para 845 mil animais.

Energia
O próximo encontro do Lide Ceará, marcado para amanhã, 2, às 12h30, terá como tema “O papel do setor elétrico na retomada da economia” e contará com a participação do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior. Engenheiro elétrico, Ferreira Júnior tem ampla experiência no setor e já foi diretor da Companhia Energética de São
Paulo (Cesp).

Jazz Carolina Sucupira é entregue pela Simpex/Dasart
O grupo Simpex/Dasart, comandado por Vitor Queiroz Frota e Sílvio Frota, entregou ontem (30) o seu mais novo empreendimento de alto padrão, o Jazz Carolina Sucupira, inspirado na sofisticação descontraída do gênero musical. Localizado a uma quadra da Praça das Flores, na Aldeota, tem um apartamento por andar, com 219 m², quatro suítes (sendo a suíte casal com closet e banheiro duplo), varanda gourmet integrada à cozinha, e quatro vagas.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS