Economia

EDP tem alta de 25,5% no lucro líquido no segundo trimestre

A EDP divulgou que registrou lucro líquido de R$ 237 milhões no segundo trimestre de 2020. O resultado é 25,5% maior que o do mesmo período do ano anterior. O EBITDA (lucro antes de taxas, impostos, depreciação e amortização) chegou a R$ 586 milhões, com crescimento de 5,5% na comparação com o segundo trimestre de 2019.

De acordo com a companhia, o semestre obteve um EBITDA de R$ 1,3 bilhão, com avanço de 1,9%, e lucro líquido de R$ 508 milhões, uma alta de 4,9% sobre a primeira metade do ano passado. “Os bons resultados verificados no segundo trimestre e no primeiro semestre como um todo mostram que, apesar do cenário desafiador em escala global, a estratégia adotada pela EDP foi acertada. Depois de uma etapa inicial de proteção do caixa e de reforço da liquidez, pudemos recuperar resultados e nos abrimos a avaliar novas oportunidades”, destacou Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil. “Estamos confiantes de que, apesar de toda a austeridade que o momento exige, sairemos ainda mais fortes deste momento e com perspectivas de um futuro ainda melhor para a EDP.”

Política de dividendos
Na sexta-feira (28), a EDP publicou Fato Relevante informando a aprovação de um ajuste em sua Política de Dividendos para balizar a destinação dos recursos da geração de caixa. Esta política propõe a distribuição de no mínimo R$ 1,00 por ação a partir de 2021, garantindo que o dividendo continue a representar mais do que 50% do lucro líquido ajustado por ação.

Recompra de ações

Ainda na sexta-feira, a EDP comunicou ao mercado que seu Conselho de Administração aprovou um programa de recompra de ações ordinárias de sua emissão para manutenção em tesouraria, com o objetivo de maximizar a geração de valor para os acionistas. As transações de recompra têm o limite máximo de 8,5% das ações atualmente em circulação e poderão ser realizadas em até 18 meses, a preços de mercado, no ambiente de Bolsa de Valores da B3.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS