Economia

Conta de água vai subir 6,69% em 2022

Companhia sugeriu reajuste com base em seus custos de operação. Em 2020, houve reajuste baseado no IGPM

Aflaudísio Dantas
aflaudisio@ootimista.com.br

(Foto: Saulo Angelo/ AM Press & Images/ Folhapress)

Foi aprovado nesta quarta-feira (29) pela Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) revisão de tarifa para a conta de água no estado do Ceará. Com o aumento autorizado, a tarifa média da água custará R$ 4,92. O índice foi sugerido pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece).

A decisão de reajuste será publicada até esta quinta-feira, no Diário Oficial do Estado (DOE). Isso indica que os novos valores serão cobrados a partir do final janeiro de 2022.

A revisão de tarifa que leva em conta os custos da companhia para a prestação de serviços pode ser aplicada a cada quatro anos. “A partir das informações fornecidas pela Cagece, e de acordo com a metodologia, foi basicamente implantar o montante da tarifa que era era necessária para cobertura de todos os custos da empresa. Não só os custos operacionais, mas também de capital investido”, ressaltou coordenador econômico tarifário da ArceMário Monteiro.

Em 2020 foi aplicada revisão tarifária sobre o custo médio tendo como base o Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM) do período de julho de 2018 a abril de 2020.

Dividendos

Em termos de lucro, a Cagece vai bem, obrigado. No terceiro trimestre de 2021 a companhia reportou lucro de  R$ 30,3 milhões. A receita operacional bruta foi de R$ 453,3 milhões, apresentando alta de 12,4%, e comparação com mesmo período do ano anterior.

Os custos e despesas do trimestre, totalizaram R$ 337,3 milhões, um acréscimo de 1% ante ao terceiro trimestre de 2020.

 

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS