Economia

Ceará vai consolidar transformação digital em 2021, afirma Ronaldo Borges

Já aprovado pelo BID, programa deve direcionar ao Ceará US$ 30 milhões para investimento em transformação digital

Coluna Adriano Nogueira
adriano@ootimista.com.br

2021 será o ano da consolidação da transformação digital na gestão pública do Ceará, garante o secretário em exercício da Seplag, Ronaldo Borges. Ele substitui o titular, Mauro Benevides Filho (PDT), que reassumiu temporariamente mandato na Câmara Federal. A primeira iniciativa será abolir processos físicos em todos os órgãos do Estado, a começar pela própria Seplag, Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Casa Civil. Os três órgãos integram o projeto-piloto Papel Zero, que será instituído em janeiro. “Vamos focar na oferta de serviços públicos digitais para o cidadão e na otimização da máquina pública, com papel zero e serviços por meio de apps e portal de serviços”, resume. Borges afirma que a meta traçada por Benevides, titular da Seplag, “é 2022, mas queremos abolir o papel já em 2021”. O projeto já recebeu aval do Banco Interamericano de Desenvolvimento, (BID), que autorizou nova operação de crédito de US$ 30 milhões. Além desse valor, o Ministério Público deve investir mais R$ 10 milhões na adoção dos serviços eletrônicos. Segundo o secretário, a quantia será rapidamente recuperada: “só em papel, será uma economia de 20 a 25 milhões de reais”. A expectativa é que até agosto comecem os primeiros reembolsos do BID para o projeto.

Mais inovações
Outro programa de transformação digital em estudo pela Seplag e já testado em projeto-piloto é o Taxi Gov, que deve substituir as frotas de carros próprios do órgãos do Governo do Estado. Já a regulamentação do teletrabalho também está em pauta. “Vamos apresentar ao governador Camilo Santana uma proposta de mudança na legislação para facultar a opção do teletrabalho, com metas de resultados superiores a quem trabalha presencialmente”. As propostas para as mudanças na legislação devem ser apresentadas no próximo semestre.

Inteligência Artificial
Os primeiros equipamentos para o Centro de Referência em Inteligência Artificial da UFC já chegaram ao Condomínio de Inovação e Empreendedorimo do Campus do Pici, onde funcionará o centro. Tratam-se de um servidor com GPU de 20 núcleos com 256 GB e armazenamento de 50 TB, mais três servidores com 4 processadores, 20 núcleos, 768 GB de memória e 800 GB de armazenamento SSD. “A interação entre jovens, pesquisadores, pessoal de tecnologia, startups, spin offs… As ‘colisões’ entre eles vão ser muito ricas e a sinergia, fantástica. Vai sair muita ideia nova desses encontros”, espera o professor Maurício Benevides, diretor da Faculdade de Direito e um dos coordenadores do Centro de IA.

Metrofor solar
Com 975 placas fotovoltaicas, o Metrofor vai começar a produzir parte da energia elétrica que consome. O órgão anunciou ontem que vai retomar a instalação de 650 placas na estação JK e mais 325 na Padre Cícero, que havia sido suspensa em função da pandemia de covid-19. O investimento é de R$ 1,6 milhão, do Tesouro Estadual e da Caixa.

É seguro voar
O tombo do número de passageiros nos voos provocados pela pandemia fez as principais companhias aéreas do país – GOL, Latam, Azul e VoePass – se unirem em uma campanha de conscientização para mostrar para a população que é seguro voar. A novidade foi anunciada ontem, durante live com os CEOs das quatro companhias.

O Sistema S e a economia cearense
Envolto em especulações sobre a redução de repasses há quase dois anos, o Sistema S (Sebrae, Senai/Sesi, Senac/Sesc, Senar, Sest/Senat, entre outros) é tema do webinário “A importância do Sistema S na economia do Ceará”, amanhã, às 20h, no canal do YouTube da Trends CE. Conduzido pelo conselheiro federal de Economia Lauro Chaves Neto, terá a participação dos diretores regionais do Senai, Paulo André Holanda, e do Sesc/Senac, Rodrigo Leite.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS