Economia

Ceará se torna o primeiro estado do Nordeste em investimentos na Bolsa de Valores

Ceará supera a Bahia no volume de investimentos e ocupa o terceiro lugar no número de investidores

Aflaudísio Dantas
aflaudisio@ootimista.com.br

(Foto: Daniel Marenco/Folhapress)

O Ceará ultrapassou a Bahia e se tornou o líder do Nordeste em investimentos na B3, a bolsa de valores brasileira. A B3 apresentou relatório que apresenta o perfil de pessoa física na Bolsa de Valores, compilando o desempenho dos estados.

Os cearenses alcançaram a marca de R$ 12,22 bilhões investidos durante o mês de julho. Antes, a Bahia liderava o ranking, com R$ 11,51 bilhões em investimentos.

A mudança de patamar do Ceará é visto como uma transformação no perfil do investidor local. As movimentações das empresas cearenses, cada vez mais interessadas em ingressar no mercado de ações também é outro fator observado por especialistas.

“A veia do empreendedor cearense, que vem buscando, via mercado de capitais, acessar um crédito mais viável para o seu crescimento tem despertado também nas pessoas físicas a essência do investimento em bolsa, que é ser sócio de grandes projetos e empresas. As empresas acessam o mercado de capitais lançando suas ações, com os IPO´s ou com a emissão de debêntures, que são os títulos de renda fixa. Movimentos de fusões e aquisições também estão no radar de algumas companhias. Essa é a primeira etapa para mudança de patamar nas empresas, onde há um preparo para alçar voos maiores e com implantação de governança. Outro ponto muito importante é a educação financeira”, explica a Head Ceará da VLG Investimentos, Louise Freire.

Se o estado lidera entre os investimentos realizados, no número de investidores o Ceará é o terceiro colocado. São 6,3 mil pessoas físicas com recursos na bolsa. A Bahia aparece em primeiro com 127,5 mil e Pernambuco, com 88,3 mil investidores.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS