Economia

Evento sobre hidrogênio verde coloca Ceará na vitrine internacional dos investimentos

Realizado hoje e amanhã em Fortaleza, Fiec Summit - Hidrogênio Verde reúne empresas nacionais e estrangeiras, além de gestores públicos, como ministros de Estado, e investidores. Ao todo, representantes de 20 países participarão do evento

Hub de Hidrogênio Verde será construído no Complexo do Pecém (Foto: Divulgação)

Crisley Cavalcante
economia@ootimista.com.br

O Ceará segue na vanguarda das discussões envolvendo hidrogênio verde (H2V) no Brasil. Atualmente, o Estado possui 19 memorandos de entendimento assinados com empresas nacionais e internacionais para produção de energia limpa no Complexo do Pecém, com a previsão de investimento da ordem de US$ 44 bilhões. O último acordo foi firmado pela governadora Izolda Cela com a empresa Enel Green Power, no dia 14 de julho.

No mesmo dia, também foi assinado documento para implantação de uma fábrica em Fortaleza que produzirá ônibus elétricos, movidos à bateria e hidrogênio. O projeto deve ter à frente a Higer Bus. Outros três memorando estão em vias de assinatura e mais sete em negociação, fortalecendo o Hub de Hidrogênio Verde do Ceará.

Os acordos pendentes de assinaturas devem ser firmados hoje, durante o Fiec Summit 2022 – Hidrogênio Verde, que acontecerá na Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), em Fortaleza, e segue até amanhã. O evento, que será realizado de forma híbrida (presencial e online), vai reunir representantes de empresas-âncoras multinacionais (AES; Engiee; Fortescue; Qair; Transhydrogen; e White Martins/Lindt.).

Os executivos estarão em diferentes mesas recebendo empresários com o propósito de implementar projetos relacionados ao H2V no Ceará e oferecer oportunidades de parcerias.

Repercussão

“É um dos grandes eventos do Brasil, com repercussão internacional sobre hidrogênio verde. E uma grande oportunidade para discussões, aprofundamentos do desenvolvimento do processo, até porque essa nova política de combustíveis, no sentido de zera o carbono no mundo, está no centro dos debates”, diz o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Trabalho (Sedet), Maia Júnior.

De acordo com o secretário, a expectativa é que mais três memorandos de entendimento sejam assinados durante o evento, com três empresas estrangeiras que são destaque na área de energia. Uma delas, da Ásia, está aguardando documentação para confirmar assinatura.

“São empresas de projeção global, que têm interesse em entrar na produção desse novo combustível. E o Ceará teve a prioridade de ser escolhido para o desenvolvimento desse tipo de projeto. Estamos com essas empresas trabalhando para fornecer o que prometemos, que foi uma estrutura adequada para que elas possam implantar esses projetos até 2030”, reforça Maia Júnior.

Abertura

A abertura do evento será feita pelo presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante, e terá a presença da governadora do Ceará, Izolda Cela; do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite; do ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida; do reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Cândido Albuquerque; da keynote speaker Brasil no cenário internacional do hidrogênio verde, Natalia Castilhos.

O Fiec Summit já conta com 1.587 inscritos, de 20 países. São eles: Angola, Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Emirados Árabes, Espanha, Estados Unidos, Índia, Itália, Panamá, Portugal, Países baixos, Reino Unido, Tanzânia e Paraguai.

“Um evento de cunho internacional, onde serão debatidos temas atuais sobre hidrogênio verde. Empreendedores estarão recebendo empresários interessados em avaliar como participar da cadeia produtiva de hidrogênio verde no Ceará”, reforça o consultor de energia da Fiec, Jurandir Picanço.

Empresas que já assinaram memorando de entendimento com o Ceará

  1. Enegix Energy
  2. White Martins
  3. Qair
  4. Fortescue
  5. Neoenergia
  6. Eneva
  7. Diferencial
  8. Hytron
  9. H2helium
  10. Engie
  11. Transhydrogen Alliance
  12. Linde/White Martins
  13. Eren do Brasil
  14. AES Brasil
  15. Cactus Energia Verde
  16. Casa dos Ventos
  17. H2 Green Power
  18. Nexway
  19. Enel Green Power

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS