Economia

Ceará assina acordo do Hub de Hidrogênio Verde em investimento de US$ 5,4 bilhões

Redação O Otimista
redacao@ootimista.com.br

Energia eólica (Crédito: Divulgação)

O acordo de lançamento do Hub de Hidtrogênio Verde no Ceará foi assinado nesta sexta-feira, 19,  pelo Governo do Estado. O empreendimento terá investimento australiano e é uma das apostas do Estado para impulsionar a economia. Serão investidos US$ 5,4 bilhões para a implementação da planta de produção do combustível.

Representantes da Federação das Indústrias do Estado Ceará (Fiec), a Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Complexo do Pecém (CIPP S/A) estiveram presentes no evento. Na assinatura do memorando, o governador Camilo Santana (PT) destacou que o acordo é um “grande marco de mudança econômica no Ceará nos próximos anos”. “Esse é um momento histórico e a UFC agradece a aoportunidade de participar de um pioneirismo de produção de energia. A UFC estará ao lado do Governo do Ceará”, garante o reitor da UFC, Cândido Albuquerque.

No evento online, o governador Camilo Santana apresentou o potencial do Estado para se tornar um produtor e fornecedor global de Hidrogênio Verde. Na ocasião, foram assinados memorandos com diversas instituições parceiras do Hub de Hidrogênio Verde no Estado e com a empresa australiana Enegix Energy, além de um decreto constituindo grupo de trabalho com a finalidade de desenvolver políticas públicas de energias renováveis para o desenvolvimento sustentável e para a configuração do Hub de Hidrogênio Verde no Estado do Ceará.

Na última quinta-feira, 18, O Otimista adiantou que o Governo do Estado assinaria amanhã acordo para a produção de hidrogênio verde. A instalação de hub de hidrogênio verde no Estado, a ser produzido em uma planta-piloto de eletrólise, no Complexo do Pecém.

O projeto, que já tem investidores interessados – entre eles uma indústria da Austrália e uma universidade do Rio de Janeiro –, conta com a parceria e articulação do Complexo do Pecém, da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O hidrogênio verde é produzido a partir de fontes de energias renováveis e é considerado pelos especialistas como fundamental para diminuir a emissão de combustíveis fósseis em todo o planeta nos próximos anos. Os insumos para esse processo serão as energias eólica e solar.

Hub de hidrogênio

Para viabilizar a estruturação do hub de hidrogênio, devem ser assinados quatro decretos pelo Governo do Estado. O primeiro documento vai formalizar o objetivo de montar uma cadeia produtiva do hidrogênio verde no Estado. Na sequência, será criado um grupo de trabalho para coordenar a estruturação do projeto.

Outra consequência esperada do projeto do hidrogênio verde no Estado é a ampliação da indústria das energias renováveis, com o estímulo a empresas que trabalham com tecnologias ligadas às energias eólica e solar.

Seja o primeiro a saber. Siga nossas redes sociais:
Instagramhttps://instagram.com/ootimista?igshid=18bwnrfep8gg6
Facebookhttps://m.facebook.com/Ootimista/
WhatsApp: 085 9 8155.2022

 

Uma resposta para “Ceará assina acordo do Hub de Hidrogênio Verde em investimento de US$ 5,4 bilhões”

  1. Parabens pela iniciativa, uma forma de transporte de hidrogeneo verde pode ser bio massa na forma do etanol ou a amônia na forma de um produto inorgânico … quais alternativas estão sendo propostas ?

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS