Economia

Abav Expo 2021 & Collab já tem tem 75% dos espaços comercializados

Abav Expo terá área de exposições com 13,5 mil metros quadrados, totalidade do Pavilhão Oeste do Centro de Eventos do Ceará. Feira ocorre de 6 a 8 de outubro

Arialdo Pinho, secretário do Turismo do Ceará (Foto: Tapis Rouge)

Coluna Adriano Nogueira
adriano@ootimista.com.br

Marcada para ocorrer no Centro de Eventos do Ceará (CEC), de 6 a 8 de outubro, a Abav Expo 2021 vai ocupar todo o Pavilhão Oeste (13,5 mil m²) do equipamento e deve ser um marco no retorno dos eventos presenciais. A feira de negócios e turismo, uma das principais da América Latina, já tem 75% dos espaços de exposição comercializados. Atualizações regulares serão disponibilizadas até o fechamento das vendas, segundo a Agência Brasileira das Agências de Viagens (Abav Nacional).

O evento acontece de forma híbrida com o Collab, e reúne toda a cadeia turística em um momento de fortalecimento e preparação para a retomada do setor. No lançamento do evento, o secretário estadual do turismo, Arialdo Pinho, afirmou que a Abav Expo 2021 & Collab será possível com o aumento gradual da vacinação contra a covid-19. “É a hora de aproveitar a reabertura do turismo no Brasil”, disse. Um dos protocolos já anunciados será a montagem prévia, antes da chegada dos expositores. O credenciamento para o evento será adiantado para agosto. 

Esta será a 48ª edição da Abav Expo, que reabre a série de eventos itinerantes e, a cada ano, prestigiará um destino, percorrendo as cinco regiões do Brasil. A expectativa é ter 20 mil participantes (tanto presencialmente quanto remotamente) e 400 expositores.

Greenlife anuncia 2 novas academias
A rede Greenlife Academias vai inaugurar duas novas unidades nos próximos 12 meses. A primeira será no bairro Maraponga e está prevista para o segundo semestre deste ano; a outra será na Avenida Washington Soares, a Greenlife Sul, com previsão para abrir em 2022. “Essa pandemia veio para reforçar o quanto a atividade física é essencial para a saúde das pessoas. Seguimos nosso plano de expansão e  estamos confiantes em poder levar cada vez mais saúde e bem-estar para o maior número de pessoas”, ressalta Keite Spessirits, responsável pelo marketing da rede.

Exportação
O Centro Internacional de Negócios (CIN) da Fiec abriu edital para formar a equipe que vai atuar na execução do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) no Ceará. Os interessados devem se inscrever até 22/06/2021, às 18h. Através do edital será contratada a equipe que irá realizar a prestação de serviço de consultoria (1 monitor e 4 técnicos), referente à execução do Peiex.

100 empresas
“A equipe ficará responsável pela qualificação das 100 empresas que serão atendidas pelo projeto, durante o período de dois anos. É necessário amplo conhecimento em exportação e alto nível de comprometimento com a meta. Após a seleção, a equipe passará por um treinamento na metodologia do programa e então iniciaremos as atividades”, afirmou Roberta Pinheiro, analista do CIN.

Natália Abreu, diretora da Wee Travel (Foto: Tapis Rouge)

Wee Travel é a operadora oficial da Rota do Sol
Recentemente anunciada, a Rota do Sol – que vai trabalhar em conjunto os destinos turísticos entre Natal (RN) e Fortaleza – terá como operadora oficial a Wee Travel, dirigida por Natália Abreu. A empresária adianta que as opções são focadas no turismo de experiência, apresentando as belezas culturais, naturais e infraestrutura. “Vamos fazer tudo de forma sustentável, ajudando o desenvolvimento da cadeia do turismo e proporcionando bem-estar aos clientes”, garante. Entre as opções, estão aulas de kite e windsurf, passeios fotográficos, turismo criativo com artesãos e outras opções. A parceria no projeto será a WDR, que tem mais de 10 anos no mercado.

Romildo Rolim, presidente do BNB (Foto: Tapis Rouge)


BNB seleciona projetos de uso racional da água e saneamento
O Banco do Nordeste selecionou, via Edital Fundo de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), 15 projetos que priorizam o bom uso da água e saneamento. As iniciativas juntas somam R$ 4,85 milhões. As iniciativas são dos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Ao todo, foram inscritos 142 projetos, dos quais, além dos 15 selecionados, 28 comporão o banco de classificáveis.

 

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS