Covid-19

Ministério da Saúde aprova dose de reforço contra covid-19 para profissionais da saúde

A reportagem procurou a pasta federal para saber se há perspectivas para envio de doses com esta finalidade, mas não recebeu retorno

Redação O Otimista 

redacao@ootimista.com.br

(Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)

O Ministério da Saúde ampliou para profissionais de saúde a vacinação com a dose de reforço contra a covid-19, levando em consideração que essa parcela da população está na linha de frente do combate à pandemia.

A reportagem procurou o ministério para saber se há previsão de quando serão enviadas as doses destinadas a este público, mas não teve retorno até a publicação deste conteúdo.

A inclusão dos profissionais da saúde foi definida na sexta-feira, 24, em reunião na Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI – Covid). A nova etapa deve ser realizada preferencialmente com a vacina da Pfizer. O grupo deverá receber a nova dose seis meses após o profissional ter completado o ciclo vacinal.

Além deste grupo grupo, idosos acima de 70 anos, pessoas imunossuprimidas e indígenas já estão sendo contemplados com a dose de reforço, também chamada de 3ª dose. Até o último domingo, 26, segundo balanço divulgado pela pasta federal, 506,9 mil brasileiros tiveram a imunização reforçada.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS