Colunista

Fortaleza: o que nos diz a pesquisa O Otimista/Real Time Big Data – por Erivaldo Carvalho

Levantamento está na edição do O Otimista desta quinta (31)

Daqui a um ano, os candidatos a prefeito de Fortaleza já estarão com o bloco na rua – as convenções partidárias terminam na primeira semana de agosto de 2024.

Eis, portanto, o primeiro e relevante dado da pesquisa O Otimista/Real Time Big Data, publicada nesta quinta-feira (31): foi realizada quando o tempo da política dispara sua contagem regressiva.

Outro ponto que chama a atenção: as intenções de voto para a sucessão do prefeito José Sarto (PDT) vêm em meio à rumorosa saída do pré-candidato Evandro Leitão do PDT.

Dito isso, vamos aos principais números, na modalidade espontânea – e para onde eles apontam. Mais detalhes nas imagens abaixo ou aqui.

O líder Wagner e o 2º pelotão
Nos quatro cenários montados pelo Real Time Big Data, o ex-deputado federal Capital Wagner (União Brasil) vai de 30% a 33%. A variação acontece, exatamente, na margem de erro, de 3 pp.

Significa que, na cotação do dia, um a cada três fortalezenses está disposto a digitar o número do hoje secretário de Saúde da vizinha Maracanaú.

No segundo pelotão estão Luizianne Lins (PT), Sarto, Roberto Cláudio (PDT) e Evandro Leitão (sem partido). Cada um aparece, pelo menos uma vez, na casa dos dois dígitos.

Considerando-se as opções apresentadas, quem melhor performa é a deputada federal. A petista aparece duas vezes em segundo lugar: 20% e 21%.

Os outros dois segundos lugares são de Sarto (21%) e Roberto Cláudio (24%). Mesmo com 15%, Evandro aparece em terceira colocação.

Tensão em números
Os resultados das opções de cenários sugeridos pelo instituto nos ajudam a entender o momento tenso por que passa a pré-campanha na Capital do Ceará.

O melhor resultado para Luizianne (21%) é quando Evandro não está na lista. E mesmo quando o presidente da Assembleia Legislativa está, a pré-candidata tem 20%. Evandro chega com 9%.

Na única vez em que Evandro aparece sem Luizianne, ele vai a 15% – sua melhor pontuação. Mas é quando Sarto tem o melhor desempenho: 22%.

Já quando Sarto não está e em seu lugar entra o ex-prefeito Roberto Cláudio, o pedetista vai a 24%. Nesse caso, também estão na relação Luizianne (17%) e Evandro (7%).

Anotem: estes e outros dados devem alimentar o debate sobre quem será o candidato à Prefeitura de Fortaleza, tanto no polo do Paço Municipal quando no Palácio da Abolição.

André e Carmelo
Pré-candidado do PL, o deputado estadual Carmelo Neto vai a 6% em três dos quatro cenários em que o nome dele é apresentado.

O menor índice para o parlamentar surge quando o também pretendente, o deputado federal André Fernandes, entra como possibilidade.

Nesse caso, Carmelo e André empatam, em 4%.

Volta de apresentação
Na modalidade espontânea, os índices dos pré-candidatos são tímidos: Wagner (9%), Sarto (6%), RC (5%) e Luizianne, André e Carmelo, 1% cada.

Já 63% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

São resultados previsíveis, numa corrida eleitoral em que os principais pilotos ainda estão na volta de apresentação.

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS