Colunista

Melhor caminho – não o mais fácil –, para Evandro é o PT – por Erivaldo Carvalho

Partido tem a mais engajada militância política / PT/Divulgação

Com a cabeça e um dos pés fora do PDT – o outro, somente com o desfecho da polêmica interna no partido –, Evandro Leitão já pode vislumbrar para onde vai, na perspectiva de entrar na disputa eleitoral em Fortaleza. PT ou PSB? Não é uma decisão fácil. Contudo, o PT reúne mais vantagens políticas – o que não quer dizer que também seja o cenário
mais confortável.

No PSB, o presidente da Assembleia Legislativa não teria nenhum tipo de obstáculo. Pelo contrário. Das cúpulas da sigla – estadual e nacional –, à militância, passando por prefeitos municipais recém-filiados, seria uma festa. Se quisesse, o parlamentar já teria assinado a ficha.

Já no PT, são citados quatro outros pré-candidatos a prefeito – Luizianne Lins, Larissa Gaspar, Guilherme Sampaio e Artur Bruno. Onde está, então, a diferença positiva em Evandro ir para a sigla da estrela vermelha, em detrimento da legenda da pomba branca da paz?

Simples. O PT tem uma história muito mais robusta do que o PSB; é uma respeitada e temida máquina de voto – na Cidade, no Estado e no País; passa por um alinhamento político, envolvendo os palácios da Abolição e Planalto.

Por último: o PT dispõe de militância como em nenhum outro grupo político. E, vamos combinar: pedir voto para um candidato de seu partido faz toda a diferença.

Perseguição poderá ser argumento de pedetista

Líder Guilherme solidarizou-se com Leitão / Júnior Pio/Alece

Dizendo-se alijado dos processos partidários desde o ano passado, Evandro Leitão avança na tese de que tem sido vítima de perseguição no PDT.

Nesta terça-feira (29), na Assembleia Legislativa, vários pedetistas, inclusive o líder, Guilherme Landim, fizeram eco à fala do presidente da Casa.

Essa pode ser, portanto, a linha de defesa para o deputado sair do partido, levando o mandato. Seria uma espécie de plano B, se a ideia de anuência não vingar.

Um jogo, política envolve riscos
Como todo movimento político, a saída de Evandro Leitão do PDT contém riscos. Por outro lado, se der certo, será a jogada da vida dele. Já tivemos de vários tipos no Ceará.

Para lembrar. 2002: Wellington Landim rompe com Tasso Jereissati; quatro anos depois, Lúcio Alcântara também; Cid Gomes e Luizianne Lins devolvem as alianças em 2012; em 2014, Cid se afastaria de Eunício Oliveira; pouco tempo depois, foi a vez de Domingos Filho sair do grupo. A história e o tempo estão aí, para julgar que fim levou cada episódio.

Hidrolândia
Antes marcado para o último domingo (27), o Processo Extraordinário de Eleições Diretas (Pedex) foi transferido para o dia 8 de outubro. Além de debater os contextos políticos locais e regional, o partido vai eleger o Diretório Municipal – atualmente, é comissão provisória. O médico José Ivan Mororó é pré-candidato a presidente.

Sarto acelera
Enquanto o polo político do Palácio da Abolição discute os rumos da disputa na Capital, José Sarto (PDT) acelera a entrega de obras em vários cantos da Cidade, convoca concursados, anuncia parcerias e assina ordens de serviço.

Está certíssimo. Pré-candidato à reeleição, o prefeito vai apresentar o portfólio para tentar mais quatro anos de mandato.

Por mais laços comerciais e turísticos

Deputado Luiz Gastão reuniu-se com consulesa argentina / Divulgação

O presidente do Sistema Fecomércio-CE, deputado federal Luiz Gastão (PSD), e a consulesa da Argentina, Julieta Grande, reuniram-se para discutir estratégias para estreitar laços comerciais entre Ceará e o país vizinho.

O encontro busca fomentar o comércio de produtos, diretamente, da Argentina para o Estado, promover destinos turísticos e impulsionar fluxo de visitantes, gerando negócios.

Uma das iniciativas em pauta, a importação direta visa reduzir custos de produtos para os cearenses, fortalecendo a parceria econômica entre as regiões.

Em 2021, a Fecomércio criou a Câmara do Comércio, Indústria e Turismo Brasil Argentina no Ceará, ampliando as relações com a Argentina, terceiro maior parceiro comercial do Estado.

 

Deixe uma resposta

Compartilhe

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS